Blog de Criação de Roteiros
Publicado em por Courtney Meznarich

Como usar o método de roteiro de Howard Hawks

O método de roteiro de Howard Hawks se concentra em rascunhos falados, diálogos rápidos e interruptivos, ação sobre diálogo e personagem sobre enredo.

O resultado é um roteiro de leitura rápida (e mais tarde, um filme do mesmo tipo) que mantém o público engajado, não importa o quão reduzido seja o enredo.

Neste artigo aprenda como empregar o método de roteiro de Howard Hawks para melhorar seus roteiros, além de conhecer outros fundamentos de narrativa do antigo cineasta.

Reserve seu lugar na fila, roteirista! Estamos mais próximos de lançar o Software de Roteiro SoCreate para um número limitado de testadores beta.  sem sair da página.

usar o método de roteiro de Howard Hawks

O que é o método de roteiro de Howard Hawks?

O método de roteiro de Howard Hawks é composto por vários estilos diferentes de processos de escrita – desde como ele redigiu as palavras na página até de que forma simplificou a narrativa, sempre focando no personagem sobre o enredo.

Veja abaixo uma descrição detalhada de como ele abordou a escrita de roteiros para ver se você pode usar esses processos!

Rascunhos falados

Talvez o elemento mais diferenciado do processo de roteiro de Hawks tenha sido a forma como ele escreveu seus primeiros rascunhos de roteiro.

Não havia storyboard, nem rascunhos “vomitados”, nem cartõse de 3x5, mas sim um gravador e sua voz. Ele cunhou o rascunho falado, o qual acreditava ser a maneira mais rápida de criar cenas. Ele desenvolvia um esboço da história, depois trabalharia com um roteirista para criar o diálogo e a ação entre os personagens durante cada cena, gravaria e transcreveria em formato de roteiro quando estivesse satisfeito com as idas e vindas.

O método resulta em um padrão de fala mais natural e empolgante que cativa o público e mantém as cenas em progressão.

“Geralmente nos encontrávamos todos os dias depois do café da manhã, na praia. Sentávamos na praia, ao sol, e conversávamos sobre a história, e parávamos de vez em quando para nadar”, afirmou Wells Root., um roteirista que trabalhou com Hawks no filme ”Amigo da Onça”. “Ele nunca se sentava com papel e lápis. Era tudo na base da conversa, e então eu ia e escrevia.”

Diálogo rápido e sobreposto

Hawks acreditava firmemente que qualquer roteiro que “lia bem” provavelmente resultaria em um filme horrível.

“Se você precisa ler três vezes para entendê-lo, tem a chance de produzir um filme com isso”, disse ele uma vez.

Ele quis dizer que a maneira como as pessoas falam deve quase ser vista e ouvida, em vez de lida, para entender a essência da conversa. Essa é a verdadeira narrativa visual, que é do que se trata o roteiro. Quer escrevia o roteiro ou contratava escritores para fazê-lo, Hawks sentiu que o processo de roteiro não poderia ser tão distante do processo de direção para que as cenas fossem críveis. Tudo deve funcionar em conjunto.

“Isso não se faz por meio de cortes”, ele explicou. “É feito deliberadamente escrevendo diálogos, assim como uma conversa real. Você pode me interromper, e eu posso interrompê-lo, então, você escreve de tal maneira que pode sobrepor o diálogo, mas não perder nada. Você deve permitir isso em seu diálogo com apenas a inclusão de algumas pequenas palavras na frente.

“Bem, pensei -” isso é tudo que você precisa, e então diga o que você tem a dizer. Tudo o que você quer fazer é ouvir aquilo que é essencial; se você não ouvir isso em uma cena, está perdido. Você deve dizer ao técnico de som quais diálogos ele deve ouvir, e ele deve avisá-lo se ouvir.”

É provável que você encontre essa semelhança de diálogo entre todos os filmes de Hawks, pois ela tornava as cenas interessantes, mesmo que não fossem interessantes em sua forma escrita.

“É curto, rápido e bem difícil”, explicou Hawks. “Você coloca algumas palavras na frente do discurso de alguém, e algumas palavras no final, e elas podem se sobrepor. Isso lhe dá uma sensação de velocidade que não existe. E, então, você faz as pessoas falarem um pouco mais rápido.”

Ação sobre diálogo

“Acho que o movimento é mais interessante do que apenas falar”, disse Hawks certa vez.

Hawks enfatizou a ação sobre o diálogo ao trabalhar com roteiristas, se algo pudesse ser dito em movimento, em vez de palavras. Isso gera mais interesse por uma cena e embala seu público.

Por exemplo, em vez de abrir uma cena com um grupo de pessoas sentadas e conversando em uma mesa de jantar, insira alguém entrando na sala. Caso contrário, disse Hawks, “a cena fica sentada com eles”.

“A melhor coisa a fazer é contar uma história como se você a estivesse vendo”, disse ele. “Conte com seus olhos. Deixe o público ver exatamente como veria se estivesse no local. Apenas conte normalmente.”

Personagem sobre enredo

Hawks acreditava que grandes personagens poderiam dar vida a um filme, sem a necessidade de um enredo complicado.

Seu estilo de narrativa era tão direto e simplista que dependia fortemente de personagens para envolver o público. O público se sente conectado a uma história por meio de seus personagens, e Hawks entendeu isso profundamente.

“Há cerca de trinta enredos em todo o drama”, explicou Hawks. “M, asse você pode criar personagens, pode esquecer o enredo… Deixe-os contar a história para você, e não se preocupe com o enredo. Os movimentos vêm da caracterização.”

Hawks relembrou uma época em que estava trabalhando em “À Beira do Abismo”, um filme noir de 1946 escrito por Raymond Chandler.

“Eu nunca descobri o que estava acontecendo, mas achei que o básico incluía ótimas cenas, e era um bom entretenimento”, disse ele. “Depois que tudo passou, eu disse: “Nunca vou me preocupar em ser lógico novamente.”

Quem é Howard Hawks?

Howard Hawks foi um cineasta americano, nascido no final do século 19 e famoso durante a era clássica de Hollywood entre 1910 e 1960. Alguns de seus filmes mais famosos incluem "Scarface", "Levada da Breca", "TÀ Beira do Abismo", "Os Homens Preferem as Loiras" e "Onde Começa o Inferno".

Ele começou como diretor enquanto estava no set de “The Little Princess”, estrelado por Mary Pickford. O diretor não apareceu, então, Hawks dirigiu uma cena. Pickford teria ficado impressionada, e o resto é história.

Hawks tinha um vínculo especial com os roteiristas de seus filmes, principalmente se ele próprio não estivesse escrevendo. Mesmo que tivesse uma mão pesada no roteiro, ele raramente levava o crédito. Alguns de seus amigos roteiristas favoritos incluíam Billy Wilder, Leigh Brackett, William Faulkner e Jules Furthman.

Hawks faleceu em 1977.

Howard Hawks era conhecido pelo quê?

Howard Hawks era conhecido por atuar em todos os gêneros, tendo feito filmes de faroeste, comédias, dramas e filmes noir, para citar alguns.

Porém, mesmo com sua falta de preferência de gênero, seu estilo de filmagem era inconfundível: histórias diretas, iluminação uniforme, tomadas com apenas o necessário de duração, sobreposições, diálogos rápidos e uma abordagem visual objetiva.

Hawks também é responsável pelo termo ”Hawksian Woman”, cunhado para descrever uma personagem feminina que era forte, espirituosa e com menos características tradicionalmente femininas. Essas mulheres geralmente reivindicavam o coração do protagonista masculino.

Quantos filmes Howard Hawks fez?

Ao longo de sua carreira, que durou mais de cinco décadas, Hawks fez pelo menos 40 filmes. De acordo com o site HowardHawksMovies.com, esses filmes incluem os títulos abaixo.

Caminho da Glória (1926)

Uma mulher fica cega após um acidente de carro e confia na oração para recuperar a visão.

Fig Leaves

O filme começa com um prólogo de Adão e Eva, e depois segue um casal na cidade de Nova York que sobrevive de contrabando de baixa qualidade e sofre problemas em seu casamento.

Elas por Elas

Três esposas bolam um plano para aparecer em uma festa com alguns universitários paqueradores para provar um ponto para seus maridos paqueradores, mas o tiro sai pela culatra quando eles aparecem com melindrosas.

Pago para Amar

Um banqueiro americano encontra o amor em uma cafeteria Apache depois de fazer amizade com o príncipe herdeiro de um reino balcânico.

Uma Noiva em Cada Porto

Esta comédia de ação estava à frente de seu tempo, apresentando dois marinheiros e uma série de mulheres.

Fazil

Um chefe árabe se casa com uma parisiense, mas ela está infeliz vivendo no deserto.

The Air Circus

Uma linda aviadora ajuda dois homens a superar o medo de voar na escola de aviação.

A Dama de Negro

Um homem comete suicídio, mas uma dúvida assassina é lançada sobre sua esposa e secretária.

Patrulha da Madrugada

Esta história segue um grupo de aviadores da Primeira Guerra Mundial, usa imagens aéreas reais e estrela Hawks como um piloto de acrobacias.

O Código Penal

Um duro promotor público que se tornou diretor de prisão deve enfrentar muitos dos criminosos que ele enviou para a cadeia.

Scarface

Este thriller sombrio de gângsteres é vagamente baseado no gângster real Al Capone.

Delirante

Este filme ficou famoso por suas três principais sequências de corrida, estrelando James Cagney como um piloto de corrida.

Amigo da Onça

Um pescador de atum com um braço só se casa com uma mulher que não o ama.

Vivamos Hoje

Dois oficiais da Segunda Guerra Mundial competem pela atenção da mesma mulher.

O Pugilista e a Favorita

Um boxeador tem uma chance pelo título dos pesos pesados.

Viva Villa! 

O rebelde Pancho Villa torna-se um bandido que ataca os ricos para proteger os pobres.

Suprema Conquista

Esta comédia romântica segue um homem que, para salvar sua carreira, tenta reacender seu amor com sua ex-namorada atriz agora famosa.

Duas Almas Se Encontram

Este é um filme sobre os dias da corrida do ouro em San Francisco.

Heróis do Ar

Um piloto de linha aérea comercial irresponsável deve encontrar uma maneira de fazer as pazes após um acidente fatal.

Caminho da Glória (1936)

A história segue um regimento do exército francês nas trincheiras na Primeira Guerra Mundial.

Meu Filho É Meu Rival

Um lenhador abandona sua amante de saloon para se casar e ficar rico, apenas para se apaixonar pela filha de sua ex-amante anos depois.

Levada da Breca

Esta comédia segue um paleontólogo tentando garantir dinheiro para seu museu, apenas para ser irritado por uma herdeira volúvel e seu leopardo de estimação.

Paraíso Infernal

Um gerente de frete aéreo deve arriscar a vida de seus pilotos para ganhar um contrato importante.

Jejum de Amor

Um editor de jornal tenta impedir que sua ex-mulher, repórter de sucesso, case-se novamente.

O Proscrito

As lendas ocidentais são colocadas umas contra as outras por causa da lei e da atenção de uma megera do oeste.

Sargento York

Dois homens são convocados para a guerra, e um deve enfrentar suas inclinações pacifistas para se tornar um herói.

Bola de Fogo

A história segue um grupo de escritores que trazem uma mulher para ajudá-la a escapar de seu namorado gângster.

Águias Americanas

Este é um filme de ação tenso e emocionante que se passa após os eventos da Segunda Guerra Mundial.

Corvetas em Ação

A história segue um comandante de submarino canadense no Atlântico durante a Segunda Guerra Mundial.

Uma aventura na Martinica

Este thriller da Segunda Guerra Mundial segue um expatriado americano que ajuda a trazer um líder da resistência francesa e sua esposa para a Martinica.

À Beira do Abismo

Uma família rica contrata um detetive particular que deve resolver questões de assassinato, engano e amor antes que a história termine.

Rio Vermelho

Uma movimentação de gado resulta em um motim do próprio filho adotivo do líder tirânico.

A Canção Prometida

Uma cantora de boate se apaixona enquanto se esconde em uma instituição de pesquisa à medida que os policiais perseguem seu namorado gangster.

A Noiva Era Ele

Uma tenente americana e um capitão francês tentam retornar à América após a guerra usando a War Bride Act (Lei de Esposas de Guerra).

O Monstro do Ártico

Uma equipe de cientistas no Ártico descongela um extraterrestre.

O Rio da Aventura

Dois homens exploram o rio Missouri de barco e encontram índios pacificamente.

Páginas da Vida

Este curta de comédia segue dois gângsteres que sequestram um garotinho detestável apenas para pagar seus pais caipiras para levá-lo de volta.

O Inventor da Mocidade

A vida de um químico vira de cabeça para baixo quando seu chimpanzé descobre a fonte da juventude.

Os Homens Preferem as Loiras

Duas dançarinas viajam para Paris, perseguidas por um detetive particular.

Terra dos Faraós

Milhares de pessoas compõem o elenco da história sobre a construção de uma pirâmide.

Onde Começa o Inferno

Um xerife pede a ajuda de três homens improváveis para prender um bandido atrás das grades.

Hatari!

Um grupo de homens captura animais na África para zoológicos americanos antes que um fotógrafo chegue para mudar seus hábitos.

O Esporte Favorito dos Homens

Um especialista em pesca que não sabe pescar é inscrito em um torneio de pesca.

Faixa Vermelha 7000

Este filme de corrida segue três mulheres que se preocupam constantemente com seus maridos, todos pilotos de carros de corrida.

El Dorado

Um grupo de parceiros improváveis trabalha em conjunto para ajudar um fazendeiro a lutar contra um fazendeiro rival que tenta roubar sua água.

Rio Lobo

Após a Guerra Civil, um homem procura por dois traidores que causaram a derrota de sua unidade e a morte de um amigo próximo.

Conclusão

A carreira de Howard Hawks é longa e vasta, mas seu estilo de assinatura é o fio que une essas histórias em todos os gêneros.

Usando seu método de roteiro, você pode se concentrar em personagens, diálogos e recursos visuais que ajudem a impulsionar seu roteiro de maneira atraente, envolvente e que tem pouco a ver com o enredo.

Gostou desta publicação? Compartilhar é cuidar! Gostaríamos MUITO se você a compartilhasse na plataforma social de sua preferência.

Experimente este novo método de escrita e nos conte como você se saiu!

Um brinde à tentativa de algo novo,

Você também pode se interessar por…

4 problemas comuns de diálogo em um roteiro

Os roteiros devem ser leituras concisas, precisas e feitas quase sem esforço. Mas existem problemas comuns de diálogo que confundem a pureza do roteiro, deixando o leitor se arrastando por páginas e páginas de enrolação. Felizmente, esses problemas são fáceis de detectar durante uma reescrita. Leia atentamente quatro problemas de diálogo comuns que você provavelmente encontrará (e arrumará) agora. 1) Diálogo excessivo Recentemente, encerramos o Concurso de Roteiro de Uma Página “Get Writing” da SoCreate, e os resultados são fascinantes. Onde alguns escritores reclamaram ...

Os 7 pecados capitais dos diálogos, com exemplos

Os 7 pecados capitais dos diálogos, com exemplos

Embora os roteiros não precisem incluir muitos diálogos (ou qualquer diálogo), a maioria dos roteiristas se apoia no diálogo para ajudar a levar sua história adiante. Diálogo significa qualquer palavra falada ou conversa entre personagens de seu roteiro. Parece realista, mas, quando você vai um pouco mais a fundo, ele provavelmente não imita precisamente a forma como falamos, pois, em um roteiro, o diálogo deve ter um propósito rápido e focado. Não há divagações em um roteiro; nos melhores roteiros, o diálogo vai direto ao ponto. Há algumas regras simples para escrever diálogos fortes...

adicionar emoção ao seu roteiro

Como adicionar emoção ao seu roteiro

Você já se flagrou trabalhando em seu roteiro e se perguntando: "onde está a emoção?" “Alguém sentirá alguma coisa quando assistir a este filme?” Isso acontece com todos nós! Quando está focado na estrutura, indo do ponto A ao B na história e fazendo com que toda a mecânica geral dela funcione, você poderá descobrir que seu roteiro está perdendo alguns beats emocionais. Então, hoje, vou explicar algumas técnicas para que você possa aprender como adicionar emoção ao seu roteiro! Você pode infundir emoção em seu roteiro por meio de conflito, ação, diálogo e justaposição...