Blog de Criação de Roteiros
Publicado em por Courtney Meznarich

4 problemas comuns de diálogo em um roteiro

Os roteiros devem ser leituras concisas, precisas e feitas quase sem esforço. Mas existem problemas comuns de diálogo que confundem a pureza do roteiro, deixando o leitor se arrastando por páginas e páginas de enrolação. Felizmente, esses problemas são fáceis de detectar durante uma reescrita. Leia atentamente quatro problemas de diálogo comuns que você provavelmente encontrará (e arrumará) agora.

1. Diálogo excessivo

Recentemente, encerramos o Concurso de Roteiro de Uma Página “Get Writing” da SoCreate, e os resultados são fascinantes. Onde alguns escritores reclamaram que "é simplesmente impossível" encaixar uma cena formatada corretamente em uma única página, outros foram muito bem-sucedidos. Estes eliminaram os excessos.

Por exemplo, não há motivos para isto...

Trecho do roteiro

Kimber

Johnny, eu não tenho certeza em relação ao cabelo. A cor, o bob estranho... Você está começando a se parecer com Jonathon Brandis em Um Time Bom de Bola.

Johnny

Eu sei que você não tem certeza sobre ele, mas esse é o estilo da moda. Ele me faz sentir bem comigo mesmo. Eu não me importo com o que os outros pensam sobre ele, porque é o meu corte de cabelo favorito.

Quando você pode escrever isto...

Trecho do roteiro

Johnny chacoalha o cabelo, admirando-se no espelho do corredor. Kimber está incerta sobre o cabelo dele.

Kimber

Você está começando a se parecer com Jonathon Brandis em Um Time Bom de Bola.

Johnny

Fala sério … Eu adoro ele!

Viu o quanto essa interação se torna mais forte sem o diálogo excessivo? Os roteiristas frequentemente se esquecem do quanto o diálogo é implícito, e não falado.

2. Escrever o que deveria ser subtexto

Às vezes, os escritores incluem subtextos em demasia no diálogo. O subtexto não deve ser comunicado. Viu o que eu fiz anteriormente? Por exemplo:

Trecho do roteiro

Little Sammy

Papai, papai! Eu tenho que ir ao banheiro agora! Ou então nós vamos ter uma emergência!

O pequeno Sammy não precisava dizer muita coisa para deixar que o pai soubesse que tinha um problema urgente em suas mãos. Esta opção teria sido melhor:

Trecho do roteiro

O pequeno Sammy puxa a camisa do pai, contorcendo-se e olhando para o banheiro.

Little Sammy

Papai, PAPAI!

Mostre, em vez de dizer.

3. Usar frases completas

Gramáticos, tomem cuidado: roteiros não são lugares para vocês. O diálogo é uma representação verdadeira de como falamos uns com os outros. Ele não é formal, a menos que seu personagem seja formal. Você está usando muitas frases completas no seu roteiro? Tente ler os diálogos em voz alta com um amigo, e revise-os com base em como esses diálogos seriam ditos na vida real. Acabe com essa formalidade!

Por exemplo:

Trecho do roteiro

Gary

Você sabe o motivo da controvérsia?

Jamie

Ouvi dizer que há um desentendimento entre os agentes e os escritores.

Em vez disso:

Trecho do roteiro

Gary

Qual o problema?

Jamie

Agentes e escritos... Você sabe como funciona.

4. Excesso de instruções aos atores

Parênteses, instruções ao ator… Há várias maneiras de se referir à linha de texto sob o nome do personagem, entre parênteses, geralmente indicando ação a ser associada ao próximo diálogo. Muitas vezes, essas instruções são necessárias, mas examine atentamente o seu uso delas, para evitar excessos. A ação realmente acompanha o diálogo? Então, faça uma instrução. Se não, considere escrevê-la na forma de uma descrição da ação. O excesso de instruções pode prejudicar a experiência de leitura.

Trecho do roteiro

Mobo

(grita e aponta para o ombro de Adedayo)

Criatura!

Adedayo

(remove o inseto de seu ombro)

Apenas um grilo jovem.

Mobo

Ele não morde?

Os parênteses são exagerados e dificultam a 'digestão' do diálogo. Em vez disso, tente:

Trecho do roteiro

Mobo salta para trás, apontando para o ombro de Adedayo.

Mobo

Criatura!

Adedayo

(remove o inseto de seu ombro)

Ah, é apenas um grilo jovem.

Mobo

Ele não morde?

O último exemplo é muito mais fácil de ler e sugere o suficiente através do diálogo, tornando inúteis as instruções.

Só assim, você pode reformular um roteiro através de algumas remoções simples. Portanto, fiquem atentas, palavras! Este roteirista preparou uma reescrita para você.

Feliz roteirização,

Você também pode se interessar por…

Formatar uma ligação telefônica em um roteiro tradicional

Apenas um personagem é visto e ouvido.

Como formatar uma ligação telefônica em um roteiro tradicional: cenário 1

Formatar uma ligação telefônica no seu roteiro pode ser complicado. Antes de começar, certifique-se de ter uma boa noção do tipo de ligação que deseja incluir na sua cena, bem como a maneira correta de formatá-la em um roteiro tradicional. Existem 3 cenários principais para ligações telefônicas em um roteiro: Cenário 1: apenas um personagem é visto e ouvido. Cenário 2: ambos os personagens são ouvidos, mas apenas um deles é visto. Cenário 3: ambos os personagens são vistos e ouvidos. Para conversas telefônicas em que apenas um dos personagens é visto e ouvido ...

Fazer uso da capitalização em um roteiro tradicional

6 elementos para capitalizar no seu roteiro

Como fazer uso da capitalização em um roteiro tradicional

Diferentemente de algumas das outras regras de formatação em um roteiro tradicional, as regras de capitalização não são definitivas. Embora o estilo único de cada escritor influencie seu uso individual da capitalização, existem 6 elementos gerais que você deve capitalizar no seu roteiro. 6 elementos para capitalizar no seu roteiro. 1. A primeira vez em que um personagem é introduzido. 2. Os nomes dos personagens acima de seus diálogos. 3. Cabeçalhos (scene headings) e slug lines. 4. Extensões de personagens para "voice-over" e "off-screen". 5. Transições, incluindo FADE IN, CUT TO ...

formatar seu roteiro: spec scripts x shooting scripts

Certifique-se de saber as diferenças entre o spec script e o shooting script!

Como formatar seu roteiro: spec scripts x shooting scripts

Para os roteiristas aspirantes que estão tentando alcançar o "sucesso" em Hollywood, é importante saber e entender os diferentes tipos de roteiros utilizados na indústria. Você tem apenas uma chance de causar uma boa primeira impressão — portanto, garanta que ela seja a melhor possível, utilizando a formatação adequada em seu roteiro! A grande maioria dos roteiros escritos todos os anos é de spec scripts (roteiros especulativos). Sabe aquele seu roteiro guardado na gaveta? Spec script. Aquele outro roteiro que você escreveu e entregou para seu amigo ler? Spec script. O outro roteiro ...

Comentários