Blog de Criação de Roteiros
Publicado em por Courtney Meznarich

Seja gentil e apenas continue escrevendo

Seja gentil e apenas continue escrevendo

Tive um encontro recente com um escritor cansado. Tive muitos, na verdade, e confie em mim – entendo por que você está cansado. A carreira de escritor não é um caminho fácil de seguir, e você será sobrecarregado uma vez ou outra, provavelmente mais do que a maioria das pessoas que escolhem outros empregos na vida. Você tem que criar uma casca grosso, desmascarar as pessoas que vendem soluções rápidas e poções milagrosas e ser honesto consigo mesmo sobre os sacrifícios que terá que fazer para obter sucesso. Porém, essa interação me lembrou de nunca julgar um livro pela capa e sempre procurar ser construtiva nas minhas discussões com outros escritores.

Você conhece aquela frase...

“Seja gentil, pois todos aqueles que você conhece estão travando uma batalha sobre a qual você não sabe nada.”

Essa interação recente foi um exemplo perfeito de por que você nunca deve presumir que alguém tem mais facilidade do que você. “Ah, eles tiveram sorte” ou “eles nasceram em berço de ouro” ou “mas eles tinham conexões”, etc. A lista é extensa sobre os motivos pelos quais os escritores dizem a si mesmos que outra pessoa pode obter sucesso, mas eles não podem. Não quero simplificar demais, mas trabalhe duro o suficiente, e você pode obter o mesmo sucesso. Os ”momentos de destaque” que você vê online nunca contam a história completa.

Dito isso, sempre tenha bondade. Qual é o sentido de ficar ressentido com outros escritores que estão lutando a mesma batalha que você? Eles estão do seu lado, e isso não faz ninguém se sentir superior.

Essa discussão em particular centrou-se em uma entrevista com o coordenador de roteiro Marc Gaffen. Ele estava falando sobre como conseguir representação como escritor, e pulou para a parte em que o escritor já fez algumas conexões em Hollywood e encontrou algum trabalho, e agora está procurando um agente ou manager.

Agora, isso não significa que você pode pular adiante, e nem Marc o fez. Sua ascensão para conseguir o emprego que possui atualmente levou mais de uma década, muito trabalho duro, noites sem dormir e, claro, um pouco de sorte. Ele está trabalhando para se tornar um escritor desde pelo menos 2002, e somente conseguiu seu primeiro crédito como escritor 12 anos depois, em 2014. Ele se mudou para Los Angeles assim que saiu da faculdade, sem conhecer ninguém, e enviou seu currículo por fax para mais de 100 lugares. Ele só recebeu uma resposta do “The Bernie Mac Show”, então foi aí que ele começou como assistente de câmera. Ele ainda não escreve em tempo integral quase duas décadas depois. Em vez disso, ele desenvolve seu currículo e conexões por meio da coordenação de roteiros, enquanto continua suas atividades de escrita como romancista gráfico. Você pode dar uma olhada no caminho que ele percorreu em sua página no IMDb. Embora possa parecer que ele está com um ótimo cargo na indústria, a verdade a respeito do que foi necessário para chegar lá parece muito diferente.

Conseguir um emprego de escritor não é uma tarefa fácil, e Hollywood tem tudo a ver com conexões. Marc menciona isso em algumas de suas outras entrevistas e fala sobre como fez conexões em Hollywood no início de sua carreira, quando não tínhamos a tecnologia que temos agora. É incrível como a jornada de todos para entrar na indústria é tão diferente. Enfim, espero que você confira a playlist dele em nosso canal do YouTube para ouvir mais sobre como ele chegou onde está hoje!

A entrevista em vídeo de Marc sobre representação sem contrato formal fala sobre como ele não é plenamente representado até hoje, a menos que encontre seu próprio trabalho no qual um agente possa ganhar dinheiro com ele. Disponibilizamos vários artigos sobre o tema da representação (e, como você verá, não há duas jornadas iguais!) para vários níveis de experiência.

Em relação ao tópico dos agentes de roteiro, temos muito conteúdo adicional em nosso site.

  • Agentes de roteiristas: para que servem e como conseguir um

    Este artigo sugere seguir o caminho do networking, festivais, bolsas e indicações.

  • Como encontrar um agente usando o IMDb Pro

    Neste artigo, a roteirista Ashlee Stormo discute sua estratégia de usar o IMDb Pro para encontrar agentes que representem um trabalho semelhante ao dela.

  • Como encontrar um agente literário

    Este artigo discute o que os agentes estão procurando nos escritores que vão representar.

  • Estágios de roteiro

    Também mantemos uma página de oportunidades de estágio atualizada constantemente com cargos do setor, muitos dos quais remotos e em meio período, para que você possa continuar trabalhando onde quer que more.

Isso tudo para dizer que ninguém está dizendo que escrever roteiros é fácil. Se qualquer um do nosso conteúdo implicar isso, provavelmente é porque se trata do passo dois, três ou nove em sua jornada. A única coisa consistente entre as histórias de roteiristas que ouvimos é que nenhuma dessas pessoas conseguiu nada de graça. E sabe de uma coisa? Isso tornou o sucesso muito mais gostoso.

Seja gentil,

Você também pode se interessar por…

Is It Hard to be a Screenwriter? Writer Robert Jury Answers

É difícil ser roteirista? O escritor Robert Jury responde

O roteirista, produtor e diretor Robert Jury conquistou seu espaço em Hollywood através de trabalho duro e determinação. Ele fez o esquema de Los Angeles, e também tem obtido sucesso como escritor em sua atual casa em Iowa City, Iowa. Ao longo de algumas décadas, Jury aprendeu que não há substituto para a perseverança e a paixão. Jury começou sua carreira como leitor de roteiros, fez estágio na Warner Bros. Pictures e trabalhou na Touchstone Pictures Company. “Antigamente, eu levava para casa uma dúzia ou mais de roteiros fisicamente, e comecei a observar ...
How to Stay Inspired After Rejection, with Veteran TV Writer & Producer Ross Brown

Esta mudança de perspectiva ajudará os roteiristas a lidar melhor com a rejeição

Um estudo da Universidade de Michigan mostrou que nosso cérebro sente a rejeição da mesma forma que sente a dor física. A rejeição dói muito. E, infelizmente, os roteiristas precisam se preparar para sentir muita dor. Como você poderia não senti-la, depois de deixar seu coração e sua alma nas páginas, apenas para alguém dizer que elas não são boas o suficiente? Embora a dor da rejeição nunca fique mais amena (afinal, ela está embutida em nosso organismo), existem maneiras para os roteiristas se recuperarem de uma forma melhor, e recuperar-se é essencial no negócio do...
Screenwriter Linda Aronson Says It's Normal to Get Stuck, and Here's How to Get Back to Writing

Sentindo-se mal com suas habilidades de criação de roteiros? 3 maneiras de superar sua tristeza de roteirista, pela guru dos roteiros Linda Aronson

Em alguns dias, você está com tudo – as páginas se acumulam e diálogos brilhantes parecem surgir do nada. Em outros, a temida página em branco encara você e vence. Se não houver ninguém por perto para manter uma conversa animada quando você precisar, considere anotar estas três dicas para superar sua tristeza de roteirista, indicadas pela guru dos roteiros Linda Aronson. Aronson, uma bem-sucedida roteirista, romancista, dramaturga e instrutora de estruturas de multiverso e histórias não lineares, viaja pelo mundo ensinando aos escritores os truques do ofício. Ela vê padrões...