Blog de Criação de Roteiros
Publicado em por Courtney Meznarich

Como ser objetivo em relação ao seu roteiro

ser objetivo em relação ao seu roteiro

Para continuar a crescer como escritores, precisamos receber um feedback objetivo. O feedback pode vir de várias formas, mas, no início do processo de redação do roteiro, provavelmente virá de você. Para a maioria dos escritores, chegar a um rascunho do roteiro com o qual você se sinta confortável em compartilhar requer várias reescritas e rascunhos. Mas você pode confiar em si para fornecer a si mesmo um feedback construtivo e às vezes crítico durante os estágios iniciais do seu próprio roteiro? Existem algumas técnicas para aqueles de vocês, roteiristas, que não têm tanta certeza de que podem criticar E aguentar.

Reserve seu lugar na fila, roteirista! Estamos mais próximos de lançar o Software de Roteiro SoCreate para um número limitado de testadores beta. sem sair da página.

Começamos perguntando ao extraordinário profissional criativo Bryan Young como ele mantém a consistência em seu processo de escrita e produção do dia a dia. Ele escreve roteiros, livros, podcasts e artigos para publicações como StarWars.com, SyFy.com e HowStuffWorks.com, portanto, tem experiência em receber comentários críticos sobre seu trabalho criativo. Ele disse que o primeiro passo para uma escrita consistente e de qualidade é dar uma boa olhada no espelho.

“A chave para manter a consistência em seu trabalho, no que me diz respeito, é tentar ser honesto consigo mesmo sobre a condição do trabalho”, iniciou Young.

Naturalmente, temos uma conexão emocional com aquilo que estamos escrevendo – seja por causa do assunto, que é pessoal para nós, ou por causa do tempo que passamos em algo. Ninguém gosta de jogar fora seu trabalho ou chegar à brutal conclusão de que o trabalho simplesmente não é bom o suficiente.

Então, como você faz para ver seu roteiro de maneira objetiva e saber onde fazer melhorias? Se você ainda não está pronto para compartilhá-lo com outra pessoa, use estas dicas passar seu rascunho de roteiro outra vez através da lente da objetividade.

Como ser objetivo ao escrever:

1. Reserve tempo para uma pausa

“Não volto para revisar um projeto antes de escrever outro”, afirmou Young. “Cada vez que você escreve um projeto e o finaliza, aprende mais sobre a escrita e sobre seu ofício. Isso me faz esquecer todas as decisões artísticas que tomei nos projetos anteriores, então, quando o aborda, você já é um escritor melhor.”

Tente não trabalhar sob prazos em que você não reserva tempo para se afastar do roteiro e deixá-lo respirar. Você estará prestando um péssimo serviço a si mesmo ao tentar empilhar vários rascunhos em um curto espaço de tempo porque ficará muito próximo do trabalho. Você precisa dar um passo atrás, trabalhar em outra coisa e retornar ao seu rascunho mais tarde, para que possa vê-lo de forma mais objetiva.

2. Jogue-o fora (ou coloque-o em outro lugar)

“Quando passar a abordar as coisas a partir desse ponto mais objetivo, você terá mais facilidade para excluir seus elementos que considerava favoritos e também para diagnosticar exatamente o que está errado”, prosseguiu Young.

“Kill your darlings” é um termo popular em inglês que você ouve no mundo dos roteiros, mas ele não se aplica apenas a se livrar de personagens e pontos da trama desnecessários. Você deve estar disposto a remover qualquer coisa que não funcione, e isso pode significar páginas do roteiro, pontos da trama que você amou, e mais. Se aquilo não estiver certo, não tente forçar. Comece de novo com uma nova perspectiva.

Digite em uma nova página ao editar, para não perder seu rascunho e trabalho original. É mais provável que você exclua, reescreva e edite quando sabe que sempre pode voltar ao original posteriormente. Também vale a pena reescrever o roteiro original para ver se ele soa igual à primeira vez. Você também pode detectar erros e falhas dessa maneira.

Se você precisar excluir algo que adora, copie e cole-o em um novo documento chamado “Usar mais tarde”, para que você possa usar aquele diálogo inteligente e aqueles personagens incríveis em roteiros futuros!

3. Ouça seu instinto

Nossas emoções sobre nossos roteiros podem atrapalhar o que sabemos ser verdade. Ouça seu instinto – se você está se sentindo dilacerado, é provavelmente um sinal de que algo precisa mudar e que você está preso em algum ponto entre saber que isso é verdade e não querer se esforçar ou fazer escolhas difíceis. Não deixe que a preguiça e a ameaça de mais trabalho atrapalhem a grandeza.

4. Teste sua objetividade

Quando você estiver pronto, depois de ter feito anotações críticas sobre seu próprio trabalho e a respeito de onde as coisas precisam mudar, converse com um amigo ou parente em cujo conselho você confia. Eles concordam com as notas que você escreveu para si mesmo? Se você sabe que outra pessoa terá que corroborar seu feedback, será menos provável que você pegue leve. E, se eles concordarem, você terá mais confiança em seu instinto no próximo roteiro que escrever.

Enfrentar a si mesmo e seu trabalho duro não é uma tarefa fácil. Pode ser muito doloroso. Porém, o crescimento vem do desconforto – e você quer saber qual é a melhor coisa sobre refletir a respeito das suas buscas criativas? Você pode dizer a si mesmo onde precisa melhorar E AINDA onde já está indo muito bem! Não se esqueça da segunda parte.

“[Agora,] você tem uma nova perspectiva para que possa ser mais sincero consigo mesmo sobre como seu roteiro funciona ou não”, concluiu Young..

Como afirmou o autor e empresário James Altucher: “A honestidade é a melhor maneira de evitar que um erro se transforme em um fracasso.”

Não queremos nada além de ver seu sucesso, roteirista!

Você também pode se interessar por…

Veteran TV Writer Ross Brown Tells Screenwriters How to Approach a Rewrite

O veterano escritor de TV Ross Brown conta aos roteiristas como reescrever seu roteiro

Como tenho certeza de que você já ouviu antes, escrever é reescrever. Seja seu rascunho inicial ou sua centésima revisão, existem algumas etapas simples a ser seguidas para garantir que seu roteiro esteja excelente.“Reescrever pode ser realmente desafiador, porque todos nós queremos olhar para o que escrevemos e dizer: 'Isso é brilhante. Não preciso mudar uma palavra!' E esse raramente é o caso", afirmou Ross Brown, que escreveu para programas altamente populares como "Step by Step" e "The Cosby Show". Agora, ele passa seu tempo ensinando outros escritores a passar suas ideias...

adicionar emoção ao seu roteiro

Como adicionar emoção ao seu roteiro

Você já se flagrou trabalhando em seu roteiro e se perguntando: "onde está a emoção?" “Alguém sentirá alguma coisa quando assistir a este filme?” Isso acontece com todos nós! Quando está focado na estrutura, indo do ponto A ao B na história e fazendo com que toda a mecânica geral dela funcione, você poderá descobrir que seu roteiro está perdendo alguns beats emocionais. Então, hoje, vou explicar algumas técnicas para que você possa aprender como adicionar emoção ao seu roteiro! Você pode infundir emoção em seu roteiro por meio de conflito, ação, diálogo e justaposição...

4 problemas comuns de diálogo em um roteiro

Os roteiros devem ser leituras concisas, precisas e feitas quase sem esforço. Mas existem problemas comuns de diálogo que confundem a pureza do roteiro, deixando o leitor se arrastando por páginas e páginas de enrolação. Felizmente, esses problemas são fáceis de detectar durante uma reescrita. Leia atentamente quatro problemas de diálogo comuns que você provavelmente encontrará (e arrumará) agora. 1) Diálogo excessivo Recentemente, encerramos o Concurso de Roteiro de Uma Página “Get Writing” da SoCreate, e os resultados são fascinantes. Onde alguns escritores reclamaram ...