Blog de Criação de Roteiros
Publicado em por Alli Unger

Como fazer uso da capitalização em um roteiro tradicional

Diferentemente de algumas das outras regras de formatação em um roteiro tradicional, as regras de capitalização não são definitivas. Embora o estilo único de cada escritor influencie seu uso individual da capitalização, existem 6 elementos gerais que você deve capitalizar no seu roteiro.

Mantenha seu lugar na fila, roteirista! Estamos chegando perto de lançar o software SoCreate Screenwriting para um número limitado de testadores beta. .

Fazer uso da capitalização em um roteiro tradicional

6 elementos para capitalizar no seu roteiro

  1. A primeira vez em que um personagem é introduzido.

Snippet de script

The man reaches down and picks up the feather. His name is FORREST GUMP. He looks at the feather oddly, moves aside a box of chocolates from an old suitcase, then opens the case.

  1. Os nomes dos personagens acima de seus diálogos.

Snippet de script

Forrest

I could eat about a million and a half of these. My momma always said, "Life was like a box of chocolates. You never know what you're gonna get."

  1. Cabeçalhos (scene headings) e slug lines.

Snippet de script

Int. - Country Doctor's Office - Greenbow, Alabama - Day (1951)
  1. Extensões de personagens para "voice-over" e "off-screen".

Snippet de script

Forrest (v.o.)

Now, when I was a baby, Momma named me after the great Civil War hero, General Nathan Bedford Forrest...

  1. Transições, incluindo FADE IN, CUT TO, INTERCUT e FADE OUT.

Snippet de script

Fade in:
Ext. A Savannah Street - Day (1981)

A feather floats through the air. The falling feather.

  1. Sons integrais, efeitos visuais ou adereços que precisem ser capturados em uma cena.

NOTA: a capitalização de sons especiais, efeitos visuais e adereços importantes deve ser utilizada com moderação. O mais importante é manter seu roteiro fácil de ler. Seja consistente na maneira que escolher para capitalizar.

Snippet de script

The ROAR of approaching planes is deafening. Forrest looks up in fear. Three planes dive down toward the jungle. They fire napalm as the jungle EXPLODES with massive fireballs.

Todos os exemplos são originários do roteiro de Forrest Gump, escrito por Eric Roth.

Entre os seis tipos de uso relacionados acima, o de número 6 ("sons integrais, efeitos visuais ou adereços que precisem ser capturados em uma cena") é, de longe, o mais controverso. Lembre-se de que nem todos os sons, efeitos visuais e adereços devem ser capitalizados. A prioridade principal é deixar seu roteiro o mais simples possível de ler. Pergunte a si mesmo: "Capitalizar esta palavra melhora a experiência do leitor?" Caso a resposta seja um "sim" retumbante, então, capitalize. No entanto, se sua resposta for "talvez" ou "não", é melhor não capitalizá-la. Nesse cenário, mantenha seu uso da capitalização limitado ao mínimo. NINGUÉM QUER ler um ROTEIRO INTEIRO que esteja AFETADO pela CAPITALIZAÇÃO. Menos é mais!

Existem diversos posts de blogs e discussões em fóruns sobre esse assunto. Confira-os aqui e saiba mais:

Qual sua opinião sobre capitalização? Fique à vontade para compartilhá-la nos comentários abaixo!

Um brinde à escrita!

Você também pode se interessar por…

Formatar uma ligação telefônica em um roteiro tradicional

Apenas um personagem é visto e ouvido.

Como formatar uma ligação telefônica em um roteiro tradicional: cenário 1

Formatar uma ligação telefônica no seu roteiro pode ser complicado. Antes de começar, certifique-se de ter uma boa noção do tipo de ligação que deseja incluir na sua cena, bem como a maneira correta de formatá-la em um roteiro tradicional. Existem 3 cenários principais para ligações telefônicas em um roteiro: Cenário 1: apenas um personagem é visto e ouvido. Cenário 2: ambos os personagens são ouvidos, mas apenas um deles é visto. Cenário 3: ambos os personagens são vistos e ouvidos. Para conversas telefônicas em que apenas um dos personagens é visto e ouvido ...

Formatar uma ligação telefônica em um roteiro tradicional

Ambos os personagens são ouvidos, mas apenas um deles é visto.

Como formatar uma ligação telefônica em um roteiro tradicional: cenário 2

Em nosso último post, apresentamos os 3 tipos principais de ligações telefônicas que você poderá encontrar em um roteiro: No post de hoje, vamos falar sobre o cenário 2: ambos os personagens são ouvidos, mas apenas um deles é visto. Para mais informações sobre o cenário 1, confira nosso post anterior, intitulado "Como formatar uma ligação telefônica em um roteiro tradicional: cenário 1". Em uma conversa telefônica na qual ambos os personagens podem ser ouvidos, mas apenas um deles está visível para o público, inclua a extensão do personagem para o voice-over ("V.O.") do ...

formatar uma ligação telefônica em um roteiro tradicional

Ambos os personagens são vistos e ouvidos.

Como formatar uma ligação telefônica em um roteiro tradicional: cenário 3

Você acertou: estamos de volta para falar sobre o cenário 3 — nosso último post da série "Como formatar uma ligação telefônica em um roteiro tradicional". Caso tenha perdido o cenário 1 ou o cenário 2, sugerimos que confira os respectivos posts, para entender por completo como formatar ligações telefônicas no seu roteiro. Então, sem mais delongas... Para uma ligação telefônica em que ambos os personagens são vistos E TAMBÉM ouvidos, utilize a ferramenta "INTERCUT". A ferramenta intercut é útil para explicar aos leitores as idas e vindas entre dois locais diferentes ...