Blog de Criação de Roteiros
Publicado em por Courtney Meznarich

A "dramédia" é o futuro do roteiro? A veterana escritora e produtora de TV Monica Piper argumenta a favor

Existe algo como "dramédia leve?" Eu sei que o termo pode não existir, mas eu diria que o gênero existe. E a veterana escritora, comediante e produtora de TV Monica Piper concorda, tanto que está disposta a apostar que o gênero será a opção favorita dos escritores no futuro.

Piper é conhecida como séries e programas de sucesso, incluindo “Mad About You”, “AAAHH!!! Monstros”, “Rugrats: Os Anjinhos” e “Roseanne”. Seu foco sempre foi encontrar aquilo que é engraçado na vida real e nas pessoas reais.

Perguntamos a ela como será o futuro para os roteiristas e no que eles devem se concentrar.

“Acho que, cada vez mais, serão programas que são basicamente dramas com algumas piadas”, ela começou.

Uma "dramédia" geralmente consiste em partes proporcionais entre drama e comédia. Mas o que vejo nos programas de TV ultimamente é mais pesado no drama.

“Quero dizer, mesmo em uma série “Killing Eve: Dupla Obsessão”, altamente dramática e incrível, há humor”, Piper acrescentou. “As reações a algumas das partes são, tipo, apenas dar risada. E uma série como “Fleabag”, você sabe, é série. E engraçada.”

As histórias ainda são direcionadas aos personagens, emocionais e focam fortemente no conflito interno do personagem, mas também me fazem rir em voz alta, às vezes. Pense em “Breaking Bad” e “Succession”, que têm foco nos personagens e em suas dificuldades, mas que incluem um pouco de comédia de humor negro.

“Acredito que o que nunca vai mudar é que as grandes comédias vêm do personagem – quem é esse personagem, qual é a falha desse personagem e contra o que ele está lutando”, Piper concluiu.

Precisa de ajuda para encontrar a graça? Leia o artigo de Piper com dicas importantes para escrever comédia para TV e filmes antes de prosseguir com seu roteiro.

"Dramédia" leve. Você ouviu aqui primeiro,

Você também pode se interessar por…

What is the Future of Screenwriting? Screenwriting Guru Linda Aronson Has an Idea

3 maneiras pelas quais a criação de roteiros mudará no futuro, segundo a guru dos roteiros Linda Aronson

Do que os roteiristas precisarão saber para obter sucesso no futuro? Linda Aronson é uma premiada roteirista, romancista, dramaturga e guru de roteiristas, e vem mantendo um olhar atento à indústria de storytelling. E não é apenas o meio que está mudando rapidamente, mas também o que os espectadores esperam de um filme ou programa de TV. Sim, os cineastas têm todas as ferramentas à disposição para criar seus próprios filmes, publicar seus próprios "webisódios" e divulgar suas histórias sem uma empresa de distribuição. Porém, os escritores também devem...

"Não seja precioso", e outros conselhos do roteirista Adam G. Simon

De Hollywood ao Paquistão, roteiristas do mundo inteiro acessaram nosso story do Instagram para fazer perguntas ao roteirista Adam G. Simon sobre como iniciar suas carreiras de roteiristas. “Adoro contribuir porque ninguém realmente me ajudou”, afirmou ele à comunidade de escritores. “Quero que mais pessoas obtenham sucesso. Quero mais pessoas participando. Quero mais pessoas criando ideias. Antes de conseguir chegar lá, eu tinha 150 dólares negativos na minha conta bancária, e uma caixa de roteiros. Isso me colocou em uma posição onde eu ...
So, You Want to Be a Screenwriter? TV Writer Monica Piper Says to First Ask Yourself This Question

5 conselhos da comediante e roteirista de TV Monica Piper para novos roteiristas

Se você chegou até este blog porque recentemente decidiu tentar escrever roteiros, está no lugar certo! Seja para escrever por diversão ou para tentar ganhar a vida algum dia, é sempre bom ouvir conselhos de outros escritores talentosos que obtiveram carreiras de sucesso. Hoje, esse conselho vem da comediante, escritora e produtora de TV vencedora do Emmy, Monica Piper. Piper participou de programas de TV como “Roseanne”, “Rugrats: Os Anjinhos”. “AAAHH!!! Monstros” e “Mad About You”. Portanto, sua especialidade é comédia, mas sua variedade...

Comentários