Blog de Criação de Roteiros
Publicado em por Courtney Meznarich

Você precisa de um diploma para se tornar um roteirista?

Você não precisa de um diploma para se tornar um roteirista.

Se está apenas começando a explorar a carreira de roteirista, saiba que não precisa ir para a faculdade para se tornar um escritor profissional de TV ou cinema. Porém, saiba também que não faz mal estudar se você planeja entrar na indústria cinematográfica.

O artigo de hoje irá explorar a diferença na vida dos roteiristas que querem se tornar profissionais, dependendo se eles frequentaram ou não a escola de cinema.

Reserve seu lugar na fila!

Obtenha acesso antecipado ao Software de Roteiro SoCreate. O cadastro é GRÁTIS!

Então, espero que você possa tomar uma decisão embasada sobre a rota que seguirá em sua jornada como roteirista!

Você precisa de um diploma para se tornar um roteirista?

Posso ser roteirista sem possuir diploma?

Você pode ser um roteirista sem um diploma. E também pode ser um roteirista sem diploma de ensino médio! Contanto que saiba escrever e contar uma ótima história, você pode escrever um longa-metragem e séries de TV, e ninguém se importará com a faculdade que você frequentou ou não.

De que tipo de educação você precisa para ser um roteirista?

Para ser um roteirista profissional, você precisará dominar estas áreas:

  • Estrutura da história

  • Diálogo

  • Narrativa visual

  • Formato do roteiro (mas isso vai mudar com o SoCreate!)

Para dominar as áreas de estudo acima mencionadas, você pode assistir a inúmeros filmes, ler muitos roteiros, tentar gravar um filme por conta própria (basta um iPhone) e ler alguns livros populares sobre o ofício de escrever para a TV e cinema.

Está vendo algo faltando nessa lista? Isso mesmo: não há grau de escolaridade necessário para dominar a arte do roteiro. Muitos roteiristas famosos não têm educação formal, e você pode seguir o mesmo caminho.

Um diploma é útil para a área de roteiro?

Um diploma em roteiro é útil, mas não obrigatório por alguns motivos.

1. Você irá fazer conexões

Muitas das pessoas que você conhece na universidade se tornarão amigos e conhecidos para toda a vida. Elas serão pessoas em quem você pode se apoiar quando tiver uma dúvida sobre seu roteiro, e pessoas para quem você pode ligar quando se mudar para uma nova cidade. No entanto, além dos amigos, você também conhecerá pessoas que já trabalham na indústria, incluindo roteiristas, diretores e executivos de estúdio. Essas são excelentes conexões para se ter quando você estiver no mundo à procura de um emprego, porque as conexões geralmente separam as pessoas que chegam lá dos escritores que se esforçam para encontrar trabalho.

2. Comunidade instantânea

Às vezes, é difícil encontrar sua tribo. Mas não na escola de cinema. Todo mundo está lá para o mesmo propósito que você, então, será fácil encontrar pontos em comum.

Manter uma comunidade de escritores ao seu redor também impacta seu trabalho: você estará mais focado no objetivo, porque estará cercado por pessoas seguindo na mesma direção.

3. Recursos

Ao frequentar a escola de cinema, você terá acesso a recursos de produção que seriam proibitivamente caros ou fora de alcance no mundo real. Estamos falando de câmeras, cenários, luzes, atores e muito mais, disponíveis para você usar e experimentar.

Além de recursos físicos, você terá acesso a algumas das melhores mentes do ramo quando se trata de escrita, entretenimento e outros assuntos profissionais. No mundo real, esses mentores são mais difíceis de encontrar – e geralmente estão menos dispostos a se voluntariar.

4. Experiência

Convenhamos: um diploma fica bem no papel. Se você não entrar no ramo de roteiro, talvez queira buscar outro cargo no mundo do entretenimento, onde um currículo que mostre um diploma pode ajudá-lo a começar.

Um diploma mostra a um empregador em potencial que a educação é essencial para você, que você pode se comprometer com algo difícil por muitos anos e que sabe como funciona o negócio do cinema.

No entanto, lembre-se: um diploma por si só não é suficiente para vender um roteiro. Você precisa ficar bom no ofício de escrever, e um diploma não garante isso acontecerá.

5. Aprendizagem rápida

É totalmente possível aprender a escrever roteiros de forma independente, mas pode ser mais rápido fazê-lo em um ambiente acadêmico.

Claro, isso depende de você: como aprende, onde se concentra melhor, o que deseja fazer, sua maturidade, etc.

Na escola de cinema, você aprenderá muito sobre como fazer televisão e cinema em um período relativamente curto. Isso pode abrir seus olhos para estilos de filmagem, história do cinema e trabalhos de entretenimento que você pode não ter explorado de outra forma.

Por outro lado, para que você possa tomar uma decisão embasada, é importante entender o que um diploma de roteirista NÃO lhe garantirá.

1. Os diplomas são limitados nas universidades

A escrita de roteiros é uma especialidade, portanto, não há muitas universidades onde você possa se formar nesse ofício. Você geralmente obterá um diploma em um programa de cinema ou estudos de mídia. Portanto, suas opções para faculdade que oferecem esse diploma serão limitadas. Temos uma lista das melhores escolas de roteiro pelo mundo, caso você tenha interesse.

2. Você é apenas tão bom quanto seu currículo

Se você depender dos seus professores de estudos de cinema para lhe ensinar tudo o que precisa saber sobre como se tornar um escritor profissional, seu currículo o limitará. Há muito que você pode aprender com um programa de graduação. Para entender diferentes filosofias, ganhar experiência no mundo real, melhorar suas habilidades de escrita e experimentar estilos de escrita, você precisará assumir a questão com suas próprias mãos para aprender dentro e fora da sala de aula.

3. O acesso às comunidades de escrita é gratuito

Embora você conhecerá muitas pessoas legais na escola de cinema, também poderá se sair bem por conta própria sendo um participante ativo de comunidades de escrita grátis em todo o mundo. Pessoalmente e online, essas comunidades de escrita são robustas e repletas de escritores como você. De subreddits a grupos de networking que se reúnem para tomar um café uma vez por mês, os escritores estão em toda parte, e você não precisa pagar um centavo para conhecê-los e adquirir conhecimento e amizades para a vida toda.

4. Um diploma de roteirista pode não ajudá-lo

Embora você aprenda muito sobre roteiro durante seu período de graduação, e se você decidir mais tarde que a arte do roteiro não é para você? Suponha que você saiba que deseja obter um diploma, mas não tem certeza de que o roteiro é uma carreira definitiva. Talvez seja melhor escolher um diploma diferente que se aplique a uma quantidade maior de setores – digamos, um diploma de escrita criativa, por exemplo. Dessa forma, você pode conseguir um emprego em um campo diferente se a área de roteiro não funcionar.

5. Mais prazos e menos liberdade criativa

Às vezes, os escritores precisam de prazos definidos, portanto, os prazos não são necessariamente ruins. Porém, saiba que você terá menos tempo para realmente explorar seu estilo e direção criativa quando estiver sob a pressão das datas de entrega das tarefas de casa. Além disso, você será avaliado em seu trabalho, o que tira um pouco da diversão da liberdade criativa.

6. Se o seu trabalho é bom, ele fala por si!

Um diploma de cinema não tornará seu roteiro melhor. Você não apresentará um roteiro para as produtoras e, então, complementa com um “ah, a propósito, tenho diploma de roteirista” para dar credibilidade. Não: suas habilidades de roteiro falam por si. Ter um diploma não tornará seu roteiro mais atraente para os produtores e executivos de estúdio.

7. Você pode aprender de graça

Há mais informações gratuitas sobre roteiros disponíveis online do que você pode imaginar. De vídeos no YouTube a blogs de roteiro como este, é simples encontrar respostas para suas perguntas sobre roteiro, narrativa e a área de entretenimento. E se, por algum motivo, isso não for suficiente, os escritores já escreveram centenas de livros sobre o assunto, os quais você pode comprar por muito menos do que o custo da educação formal.

8. A concorrência ainda está lá fora

Embora os programas e diplomas de roteiro possam diferenciá-lo da concorrência no mercado de trabalho em alguns setores, isso não acontece no setor de cinema e TV. Sua capacidade de conseguir um emprego dependerá apenas de suas conexões, do seu ofício e da sorte de estar no lugar certo na hora certa!

Conclusão

Os roteiristas não precisam de um diploma para ser bem-sucedidos, o que foi reiteradamente comprovado por todos os profissionais da indústria que escrevem roteiros de filmes premiados sem possuir educação formal. Mas isso não significa que sejam ignorantes: eles dedicaram tempo para se instruir no ofício de roteirista, aprenderam como o negócio funciona e construíram seu networking de escrita. A melhor parte de ser um escritor é que qualquer pessoa com uma ideia de história pode fazê-la, incluindo VOCÊ! Dedique um tempo para entender se um diploma de roteirista é adequado para você antes de investir seu dinheiro.

Gostou desta publicação? Compartilhar é cuidar! Gostaríamos MUITO se você a compartilhasse na plataforma social de sua preferência.

E, se você optar por não fazer um curso de roteirista, mas ainda assim quiser ir para a faculdade, isso é ótimo. Escolha outra área que lhe interesse, como escrita criativa, e lembre-se: sempre há a pós-graduação!

Você também pode se interessar por…

Roteirista Stephanie K. Smith sobre uma imagem que diz “Escolhendo entre graduação e pós-graduação de escrita”

Como decidir entre graduação ou pós-graduação de escrita

As pessoas que desejam uma educação formal em escrita têm muitas opções hoje em dia, desde programas de certificação até bacharelado, mestrados e muito mais. Mas como escolher qual programa irá beneficiá-lo mais? Depende de alguns fatores, incluindo sua história, objetivos, habilidades e, às vezes, suas finanças. Para nos ajudar a analisar o que parece ser uma quantidade infinita de prós e contras, conversamos com a produtora, roteirista, escritora de televisão e romancista Stephanie K. Smith. Veterana da indústria cinematográfica, você pode encontrar o nome de Stephanie...

escolher uma escola de cinema

Por um roteirista que já fez isso

Como escolher uma escola de cinema, por um roteirista que já fez isso

Quer já tenha decidido ir para a escola de cinema ou esteja tentando descobrir se esse é o caminho certo, você vai querer ler este conselho do roteirista Kaylord Hill. Você deve se lembrar de Kaylord, vencedor do Concurso Screenwriter Stimulus da SoCreate realizado no fim de 2020, onde ele usou suas habilidades de criação de roteiros para escrever um roteiro de longa-metragem em apenas 30 dias. Para fazer isso, ele se apoiou em um colega da escola de cinema e nas lições aprendidas com seus mentores. Mas, apesar dos resultados positivos da experiência dele no mestrado de roteiro...

Principais escolas de roteiro

USC, UCLA, NYU e outras escolas de ponta para fazer mestrado em Roteiro

USC, UCLA, NYU e outras escolas de ponta para fazer mestrado em Roteiro

Não existe um caminho certo para se entrar na indústria como roteirista; eles são diferentes para todos. Algumas pessoas acham que um mestrado em Roteiro pode ensinar o ofício enquanto também desenvolve a carreira delas. Existem muitos programas respeitados em todo o mundo, incluindo Screenwriting da UCLA, Dramatic Writing da NYU, Writing for Screen and TV da USC e muitos outros. Você está interessado em saber mais? Continue comigo, pois, hoje, vou indicar as melhores escolas de roteiro em todo o mundo! Writing for Screen and TV da University...