Blog de Criação de Roteiros
Publicado em por Courtney Meznarich

Ashlee Stormo: truques de criação de roteiros colocados à prova

Quais são as dicas mais estranhas de criação de roteiros que você testou para superar problemas com sua escrita? No vídeo desta semana com Ashlee Stormo, ela testa quatro truques para ver o que funciona.

“Olá, SoCreators! Quais exercícios ou dicas de escrita vocês podem compartilhar com a gente? Nesta semana, testei quatro deles a partir de vários roteiristas profissionais e avaliei se me ajudavam ou não. Você já experimentou algum deles?”

Ashlee Stormo

"Olá, amigos! Meu nome é Ashlee Stormo e, como vocês devem ter visto nas últimas semanas, firmei uma parceria com a SoCreate para mostrar a vocês como é minha vida como aspirante a roteirista. Hoje, o que estou fazendo é pegar algumas dicas que encontrei na internet e colocá-las à prova para ver se funcionam bem no meu caso."

  • Dica #1: escreva enquanto você está assistindo TV

    A primeira dica é escrever enquanto você assiste TV. Portanto, independentemente do programa que você está assistindo, abra seu software de criação de roteiros e, enquanto assiste à cena, anote como você faria em uma página. O objetivo desse exercício é mostrar que o que você está assistindo era o bilhete de ouro. Ele foi feito, produzido, e está na TV. Você está tentando descobrir o que o roteirista fez, ou o que o grupo de roteiristas fez, que o tornou bem-sucedido. Fique atento aos diálogos, e na forma como eles mantiveram a história fluindo de uma página para outra, e concentre-se no formato. Então, se você puder, um pequeno bônus extra que eu já fiz, é procurar o PDF do roteiro real e o comparar com minha versão para ver como o que fiz variou do que eles fizeram.

    Dica bem-sucedida. Ela me ajudou a perceber que preciso resumir minha descrição.

  • Dica #2: mood board

    A próxima dica é criar um mood board. Portanto, se você está com problemas para manter a consistência dentro de um personagem, crie um mood board. Você pode incluir os traços de personalidade dele, coisas de que ele gosta ou não, citações que lhe convêm, e, se estiver escrevendo algo que seja inconsistente com a estética do mood board que você criou e com a personalidade que criou visualmente, exclua-o, porque seu personagem deve ser consistente em todas as formas.

    Dica malsucedida. Para mim, isso é apenas perda de tempo. Mas é divertido!

  • Dica #3: resuma cada linha de diálogo a 5 palavras ou menos

    Tenho dificuldades frequentes com diálogos. Portanto, a próxima dica que escolhi praticar foi centrada na ideia de que a linguagem e a conversa entre seus personagens não deveriam ser o que move o enredo. Então, o que você deve fazer é pegar cinco linhas de diálogo (ou você pode usar dez linhas de diálogo, se a conversa for entre duas pessoas) e condensar cada linha em cinco palavras ou menos. E o objetivo disso é forçar você a se concentrar mais nos recursos visuais do seu roteiro e menos na linguagem, pois, embora as conversas possam revelar tramas e outros aspectos sobre seu personagem, elas não devem revelar tudo, e não devem sustentar a história.

    Dica bem-sucedida. Isso me ajudou a ser mais seletiva com as palavras dos personagens e focar mais no visual.

  • Dica #4: escreva a partir do ponto de vista do amor/ódio

    A última dica, número quatro, é a minha favorita. Você deve escolher um personagem que adora na TV ou em um filme e escrever de quatro a cinco frases sobre ele do ponto de vista de alguém que esteja apaixonado por ele, e também deve escrever de quatro a cinco frases sobre esse mesmo personagem do ponto de vista de alguém que o odeia totalmente. Em seguida, compare e contraste. E, se fizer o mesmo com seus próprios personagens, isso ajudará você a criar personagens que sejam versáteis e que não sejam excessivamente adoráveis ou odiáveis.

    Dica bem-sucedida. Isso me ajudou a colocar ênfase em tornar os personagens adoráveis e odiáveis.

"Esses foram apenas alguns exercícios curtos recomendados por roteiristas reais e empregados. Espero que tenham sido úteis para você. Definitivamente, acho que você deve tentar encontrar exercícios mais adequados àquilo com o qual tenha dificuldades ou no que deseje trabalhar. Certifique-se de seguir a SoCreate – eles têm um blog, e você pode encontrar no blog deles algumas dessas dicas que deseja praticar. Estão disponíveis alguns artigos sobre como escrever uma montagem, ou descrições de ações, coisas do tipo. Por isso, não deixe de segui-los.

Conte para mim nos comentários abaixo se você testou alguma dessas dicas e se elas funcionaram no seu caso, ou se você tem outras dicas que queira compartilhar com todos nós. Muito obrigada por assistir. Vejo vocês em breve."

Ashlee Stormo, aspirante a roteirista

Você também pode se interessar por…

Comentários