Blog de Criação de Roteiros
Publicado em por Courtney Meznarich

Guia de desenvolvimento de personagens do escritor da Disney Ricky Roxburgh

Na minha opinião, há muitas coisas que a Disney faz muito bem quando se trata de contar histórias, e poucas pessoas podem argumentar que uma dessas coisas não é o desenvolvimento de personagens. É o motivo pelo qual crianças e adultos como eu não conseguem enjoar de personagens como Olaf, Princesa Tiana, Lilo & Stitch, Moana e muitos outros. Então, não poderíamos pensar em ninguém melhor para nos ensinar alguns truques da Disney do que Ricky Roxburgh, escritor de séries de TV da Walt Disney Animation Studios, incluindo “As Enroladas Aventuras da Rapunzel”, “Operação Big Hero: A Série”, “Monsters at Work”, “Mickey Shorts” e mais! Ele é especialista em desenvolvimento de personagens para roteiros.

“Os personagens sempre devem atender a uma necessidade da história. Tudo deriva do seu personagem principal. Esse é o seu ponto de vista. Esse é o propulsor da história.”

Escritor da Disney Ricky Roxburgh

Mas queríamos saber: como escrever um personagem interessante o suficiente para liderar o elenco?

“A principal coisa que faço é me fazer muitas perguntas”, revelou. “Você sabe, como esse personagem vê a si mesmo? Como os outros personagens veem essa pessoa?”

É como se você entrevistasse seu personagem, produzindo as respostas à medida que avança. Adoro esta lista de perguntas a fazer sobre os personagens da sua história, elaborada por TheWritePractice.com. Há algo muito divertido em descobrir o tipo de personalidade do seu personagem através de perguntas como essas.

“Personagens únicos são originários de falhas, peculiaridades e tons de cinza. Depois de criar um personagem que possua alguns desses fatores, e quando isso parecer real para seu personagem central, encontrar os outros personagens que empurrarão esse personagem central para fora de sua zona de conforto, que falarão alguma verdade que ele não dará bola e que trarão à tona as falhas do personagem, tudo isso será criado a partir daí.”

O resto é repetição.

“Em seguida, você poderá fazer a si mesmo essas mesmas perguntas sobre os demais personagens para elaborá-los."

Como Mary Poppins dizia, a cada trabalho que precisa ser feito, há um elemento de diversão! Estou ansiosa para ler sobre quem vocês imaginarão,

Você também pode se interessar por…

Danny Manus Describes a Perfect Screenplay Pitch Meeting

O ex-executivo Danny Manus indica dois passos para uma reunião de pitch perfeita para roteiristas

O pitch. Dependendo do tipo de escritor que você é, essa palavra provavelmente inspirou medo ou empolgação. Porém, em ambos os casos, você precisará acalmar o nervosismo ou a empolgação para que possa expressar seu ponto de vista às pessoas que detêm o poder de produzir seu roteiro. Danny Manus costumava ser uma dessas pessoas. Agora, o ex-executivo de desenvolvimento transformou sua experiência em uma bem-sucedida carreira de coach para aspirantes a escribas, em uma empresa chamada No BullScript Consulting. Ele tem uma forma...
3 Serious Mistakes Screenwriters Can Make, According to the Hilarious Monica Piper

3 grandes erros que os roteiristas podem cometer, segundo a hilariante Monica Piper

Estou surpresa que vocês não possam me ouvir rindo durante a maior parte da nossa recente entrevista com Monica Piper, escritora vencedora do Emmy, comediante e produtora cujo nome vocês talvez reconheçam de séries de sucesso como "Roseanne," "Rugrats: Os Anjinhos," "AAAHH!!! Monstros" e "Mad About You". Ela tinha muitas piadas para contar, e todas elas pareciam fluir muito facilmente. Além disso, ela tem experiência suficiente para saber o que é engraçado, e já viu erros suficientes para fornecer conselhos muito sérios sobre a carreira de roteirista...
Need Exposure for Your Screenplay? Enter a Contest, Says Screenwriter Doug Richardson

Seu roteiro precisa de exposição? Participe de um concurso, afirma o roteirista Doug Richardson

Você empenhou tanto esforço em seu roteiro e, quando finalmente o conclui, quer que alguém o VEJA! Mais fácil falar do que fazer. "Alguém" geralmente não inclui seus amigos e familiares. Eles vão dizer que é ótimo, e você não acreditará neles. E com razão, porque, a menos que seus amigos conheçam algo sobre cinema, talvez não saibam como identificar um bom roteiro quando o veem. Escrever um roteiro é uma jornada, e a chave para aprimorar sua escrita costuma ser reescrever. Para obter feedback e determinar seu nível geral, você precisará de...

Comentários