Blog de Criação de Roteiros
Publicado em por Courtney Meznarich

Consultores de roteiros são importantes? Este roteirista diz que sim, e aqui está o motivo

Dependendo do estágio em que está na sua profissão de roteirista, você já pode ter considerado contratar um consultor de roteiros. Também chamados de "script doctors" ou "script coverage" (com definições variadas do que, exatamente, cada um oferece), os consultores podem ser uma ferramenta valiosa se você souber como usá-los. Escrevi um artigo de blog sobre o tópico, no qual você pode saber mais detalhes, incluindo dicas sobre a melhor maneira de escolher um consultor certo para você.

Se você está em dúvida sobre consultores e tem cerca de um minuto livre, assista a esta entrevista com a roteirista Jeanne V. Bowerman.. Ela explica como usou consultores no início de sua carreira, e, com uma carreira como a sua - atual editora-chefe da Script Mag, editora sênior da Writer’s Digest, além de fundadora da ScriptChat -, ela é alguém em quem você pode confiar! Assista e aprenda.

“Consultores de roteiros têm uma reputação ruim. Eu os usei no começo, principalmente, da minha carreira de escritora. Não estudei cinema. Estudei na escola Cornell Hotel. E fui proprietária de um hotel e restaurante por 15 anos, e não era uma escritora instruída. Eu sempre via os consultores de roteiros da mesma maneira que olhava para um professor de um dos meus filhos em uma matéria em que eles pudessem estar com dificuldades. Eu escolheria aqueles que tivessem uma ótima reputação, ótimos depoimentos. Também acho ótimo aprender a fazer anotações. Eles ensinam e treinam você a fazer anotações, e essa é uma grande parte do trabalho do roteirista - aprender a dizer "ah, eu entendi o que você está dizendo. Vou pensar sobre isso", e, depois, fazer ajustes para alterar e melhorar a história. Então, acho que eles são uma prática recomendada para trabalhar com produtores, e também ajudar você a melhorar seu trabalho. Acho que, quando você encontra um consultor muito bom, eles podem ser inestimáveis, e você pode aprender muito com eles.”

Jeanne V. Bowerman

Você também pode se interessar por…

Pagamento de roteirista

Quanto dinheiro um roteirista ganha? Perguntamos para 5 escritores profissionais

Para a maioria, escrever é menos um trabalho e mais uma paixão. Mas não seria ideal se pudéssemos ganhar a vida em uma área pela qual somos apaixonados? Não é impossível ser pago para fazer o que você ama, se você estiver disposto a aceitar a realidade: não há muita estabilidade para os escritores que escolhem esse caminho. Perguntamos a cinco escritores especialistas quanto dinheiro o escritor médio pode esperar ganhar. A resposta? Bem, ela é tão diversificada quanto as experiências de nossos especialistas. De acordo com a Writers Guild of America West, a quantia ...
Writer Jonathan Maberry Talks Representation

Escritor Jonathan Maberry fala sobre como procurar por representação

Autor best-seller do New York Times e cinco vezes vencedor do prêmio Bram Stoker, Jonathan Maberry é uma enciclopédia de conhecimento quando se trata de contar histórias. Ele escreveu histórias em quadrinhos, artigos de revistas, peças de teatro, antologias, romances e muito mais. E, embora não se reconheça como roteirista, este escritor está com projetos para a telona em andamento. V-Wars, baseado na franquia homônima best-seller de Jonathan, estará presente no Netflix este ano. E a Alcon Entertainment acabou de comprar os direitos de TV e cinema do Rot & Ruin, a série de ficção ...
Screenwriter Noel Braham Explains His Screenwriting Process

Como um assistente de produção sem-teto inspirou o cineasta Noel Braham a escrever roteiros que fazem a diferença

O cineasta Noel Braham estava encerrando uma noite de produção do seu segundo curta metragem, The Millennial, quando foi confrontado com uma história que tocou seu coração. A inspiração estava bem à sua frente. “Eu tinha um assistente de produção que me ajudava de forma voluntária… trabalhando incansavelmente, sem reclamar. Era incrível trabalhar com o cara.” Braham se ofereceu para levar o AP para casa, e, a princípio, ele recusou. "Ele disse apenas para eu deixá-lo na estação de trem, e eu disse que não, que daria uma carona até a casa dele." Agora compelido a revelar, o AP ...

Comentários