Blog de Criação de Roteiros
Publicado em por Courtney Meznarich

Consultor de roteiro Danny Manus oferece aos roteiristas 5 dicas fundamentais de negócios

O consultor de roteiro Danny Manus é um ex-executivo de desenvolvimento, portanto, ele já esteve do outro lado da dinâmica do negócio de roteiro. Agora, ele dirige sua própria empresa de consultoria, No BullScript Consulting, para ensinar aos roteiristas o que eles devem saber se quiserem ter uma carreira de sucesso como roteirista profissional na indústria do entretenimento. E aqui vai uma dica: não se trata apenas do roteiro. Confira a checklist dele, e mãos à obra!

“No lado comercial, trata-se apenas de saber mais sobre cada lado do negócio”, começou Manus. “É ótimo saber 30 segundos de tudo para manter uma conversa. Mas conheça um pouco mais, e você poderá ter muito mais controle sobre sua carreira e os projetos que vai fazer e as pessoas com as quais irá trabalhar.”

Reserve seu lugar na fila, roteirista! Estamos mais próximos de lançar o Software de Roteiro SoCreate para um número limitado de testadores beta. sem sair da página.

Aqui está uma lista dos tópicos com os quais você deve estar familiarizado, de acordo com Manus. Como ele sugere, no entanto, você deve mergulhar mais a fundo nesses tópicos para se preparar com o máximo de conhecimento que puder sobre o negócio de criação de roteiros.

1. Financiamento de filmes, agentes de vendas, distribuição e a arte da negociação para um longa-metragem

“Você deve conhecer mais sobre financiamento e distribuição.”

Geralmente, há mais de um investidor pagando pela produção do filme, dependendo do orçamento de produção, e fundos de bancos, créditos fiscais e doações também podem estar envolvidos. Os estúdios podem ser balcões únicos de financiamento, o que torna as coisas mais fáceis para o produtor do filme, mas os estúdios também costumam assumir o controle criativo. Tudo se resume ao risco. Quanto seu filme valerá ao final do processo? Isso, é claro, é determinado pelo custo de produção e pelo que você pode esperar que recupere nas vendas. Enquanto os filmes de grande orçamento costumam apresentar grandes números de bilheteria, o custo dos talentos, mão de obra, efeitos especiais e marketing pode representar centenas de milhões de dólares, deixando pouco ou nada de lucro.

A distribuição de filmes disponibiliza os filmes para o público assistir. Muitas vezes, o diretor do filme atua como um agente de vendas para comercializar o filme para os distribuidores. Então, o distribuidor do filme também pode ser responsável pelos planos de marketing, o tipo de mídia e a data de lançamento assim que o agente de vendas comercializar o filme. A empresa de distribuição tomará decisões sobre lançamentos em cinemas versus TV, DVD, streaming, etc. Um cinema normalmente aluga um filme por uma quantia fixa para ser exibido durante um período específico. A janela média é de cerca de três meses ou menos, e parece diminuir a cada ano, antes que o filme seja disponibilizado sob demanda ou em DVD, embora a maioria dos cinemas exija um período exclusivo de 90 dias.

Hoje, não é incomum que um acordo de distribuição exija que os filmes estejam disponíveis sob demanda simultaneamente ou logo após seu lançamento nos cinemas. Durante a pandemia de coronavírus, muitos estúdios grandes quebraram totalmente a janela do cinema, primeiramente enviando seus filmes para locação sob demanda, já que os cinemas estavam fechados.

Para saber mais sobre os processos de empresas de financiamento e distribuição, acesse “The Basics of Film Finance“ (fundamentos do financiamento de filmes) em HGExperts.com.

2. A diferença entre um agente, manager, produtor, empresa de produção e advogado de entretenimento

“Saiba quais produtores estão procurando o quê. Saiba quais são os nomes.”

Os produtores são responsáveis por garantir que todos os aspectos da produção do filme funcionem juntos para o melhor resultado possível. Eles também são responsáveis por conseguir financiamento para um filme, série de TV ou peça de teatro. O termo “produtor” pode ter significados diferentes de acordo com a produção, então, você deve ler sobre seus vários tipos.

O primeiro passo para encontrar uma empresa de produção ou um produtor independente para seu filme independente é criar uma lista de produtores que trabalharam em projetos semelhantes ao seu — tanto no gênero quanto no orçamento. O IMDb é um lugar fácil de encontrar essas informações. Seja realista sobre o alinhamento do seu projeto com a empresa de produção e com a experiência do produtor do filme.

Então, um roteirista profissional precisará fazer e cultivar conexões. Você pode conhecer produtores em festivais de cinema e divulgar a si mesmo e sua história, para que se espalhe boca a boca. Ou participe de um fórum onde membros da indústria cinematográfica estão abertos para aprender sobre novos roteiros, como o IFP Project Forum. Observe que alguns produtores não considerarão fazer a leitura de um roteiro, a menos que haja um agente associado.

Há também o caminho do advogado de entretenimento, fora dos caminhos tradicionais de agente e manager. Se você tiver um advogado de entretenimento, ele provavelmente terá contatos com quais poderá apresentar sua ideia — o que significa que enviarão seu roteiro a um produtor, financiador, distribuidor e outros profissionais da indústria do entretenimento necessários para ajudar seu filme a se concretizar.

Quer saber como encontrar um agente? Veja esta entrevista com Michael Stackpole — ou esta com Jonathan Maberry.

3. Pitch do roteirista na indústria do entretenimento

“Saiba como fazer pitch e como criar um pitch.”

Entrevistamos vários roteiristas sobre como aperfeiçoar seu pitch, incluindo Manus. “Não existe uma forma certa”, ele nos disse. “Há apenas um milhão de formas erradas”. Ele disse que a chave para um grande pitch é fazer seus ouvintes sentirem algo.

“Mas, também, você precisa saber como complementar isso e contar a história”, afirmou o roteirista Donald H. Hewitt nesta entrevista. “Escrevo um tratamento que conta toda a história. Basicamente o memorizo. Conto o filme do começo ao fim. Leva cerca de 15 minutos.” Recomendo assistir a essas entrevistas curtas da SoCreate para ajudar você a se preparar para fazer o pitch do seu roteiro.

4. Escrevendo uma carta de consulta para seu roteiro

“Saiba como criar uma carta de consulta.”

Não se sabe ao certo se as cartas de consulta ainda funcionam: alguns profissionais da indústria dizem que as cartas estão desatualizadas e não levam a lugar nenhum. Outros juram que uma carta de consulta atraente lhes rendeu uma eventual venda de roteiro. Em um setor onde não existe um caminho único para o sucesso, meu conselho é tentar qualquer método que estiver à sua disposição, desde que não esteja prejudicando sua carreira no processo.

Uma carta de consulta bem-sucedida, do tipo que você normalmente enviaria por e-mail para alguém que gostaria que leia seu roteiro, comunicará sua história de uma forma que fará o leitor querer abrir o documento. E também representa seu estilo de escrita, portanto, certifique-se de que a carta seja bem escrita e concisa.

Você está tentando convencer alguém de que é um grande escritor, e a melhor maneira de fazê-lo, de acordo com o roteirista Barri Evans neste artigo para a Script Magazine, é mencionar outras pessoas que concordam com isso. Mencione suas vendas de roteiro, atribuições, opções, vitórias em concursos ou outro trabalho remunerado. Inclua o tom da peça e faça o leitor sentir algo sobre seu filme. Inclua sua logline – uma única frase é preferível. Inclua uma sinopse simples e clara. E teste, teste, teste sua mensagem com pessoas que nunca leram sua história. A carta fez com que elas quisessem ler seu roteiro?

5. Finanças do roteirista profissional

“Saiba como preparar suas finanças para um trabalho que geralmente é freelance, e você nunca sabe quando o próximo trabalho virá.”

Os salários dos roteiristas estão longe de ser estáveis ​​para a maioria dos escritores. Você precisará se preparar financeiramente para não quebrar durante o processo. Descubra de quanto dinheiro você precisa para cobrir os quatro elementos principais do seu orçamento: alimentação, moradia, serviços e transporte. Dessa forma, cada vez que você for pago, saberá quanto economizar. E você saberá quanto precisa ganhar, no mínimo, para viver. Em seguida, economize para despesas inesperadas. E não se esqueça de financiar uma conta de aposentadoria. Como roteirista, você provavelmente não terá um 401k (tipo de plano de aposentadoria patrocinado pelo empregador, adotado nos Estados Unidos e outros países), mas isso não significa que não deva separar dinheiro em uma conta individual. Como redator freelance, você também precisará controlar seus impostos. Os trabalhadores em tempo integral têm seus impostos descontados de seu contracheque, mas os freelancers precisam estimar o que deverão no final do ano. Você não quer ser pego de surpresa em abril. Por último, você provavelmente deve manter um trabalho paralelo que permita a flexibilidade de tempo necessária para continuar escrevendo, mas que forneça alguma renda estável.

“Leia sobre todas as partes do negócio, e não apenas o que você acha que vai pagar você”, concluiu Manus.

Quanto mais você sabe,

Você também pode se interessar por…

Disney Writer Ricky Roxburgh Explains the Difference Between Agents, Managers, and Lawyers

A diferença importante entre agentes, gerentes e advogados de roteiro

Em algum momento de sua carreira de roteirista, você provavelmente precisará ou desejará um agente, gerente, advogado ou uma combinação deles. Mas qual é a diferença entre os três? O escritor da Disney Ricky Roxburgh escreve "As Enroladas Aventuras da Rapunzel" e trabalha regularmente em outros programas de TV da Disney. Ele já teve experiência com todos os profissionais acima e está aqui para explicá-los! "Agentes e gerentes são bem parecidos, e a diferença entre eles é quase como que, tecnicamente, eles podem fazer algumas coisas e não podem...
Screenwriter Linda Aronson Says It's Normal to Get Stuck, and Here's How to Get Back to Writing

Sentindo-se mal com suas habilidades de criação de roteiros? 3 maneiras de superar sua tristeza de roteirista, pela guru dos roteiros Linda Aronson

Em alguns dias, você está com tudo – as páginas se acumulam e diálogos brilhantes parecem surgir do nada. Em outros, a temida página em branco encara você e vence. Se não houver ninguém por perto para manter uma conversa animada quando você precisar, considere anotar estas três dicas para superar sua tristeza de roteirista, indicadas pela guru dos roteiros Linda Aronson. Aronson, uma bem-sucedida roteirista, romancista, dramaturga e instrutora de estruturas de multiverso e histórias não lineares, viaja pelo mundo ensinando aos escritores os truques do ofício. Ela vê padrões...
How Do I Sell My Screenplay? Screenwriter Donald H. Hewitt Weighs In

Como faço para vender meu roteiro? Opinião do roteirista Donald H. Hewitt

Seu roteiro está finalizado. E agora? Você provavelmente quer vendê-lo! O roteirista Donald H. Hewitt recentemente se encontrou com a gente e nos permitiu explorar seu conhecimento sobre o assunto. Donald possui 17 anos de experiência na indústria e conquistou créditos como roteirista em filmes vencedores do Oscar e indicados para o prêmio. Agora, ele também ajuda outros roteiristas com suas carreiras, ensinando aos alunos como criar uma estrutura sólida, uma logline atraente e personagens dinâmicos para seus roteiros. Donald é mais conhecido por seu trabalho em ...