Blog de Criação de Roteiros
Publicado em por Victoria Lucia

Como escrever um incidente incitante

escrever um incidente incitante

Você acha que suas histórias estão se arrastando no começo? Ao escrever seu primeiro ato, você se pega apenas querendo acelerar o ritmo e chegar à parte empolgante? Você recebeu feedback de que o início da sua história não chamou a atenção o suficiente? Então, você deve dar uma olhada mais de perto no seu incidente incitante! Se você está se perguntando “o que é isso?”, continue lendo, pois hoje vou falar sobre como escrever um incidente incitante!

Reserve seu lugar na fila, roteirista! Estamos mais próximos de lançar o Software de Roteiro SoCreate para um número limitado de testadores beta, de novatos a profissionais. sem sair da página.

“O incidente incitante perturba radicalmente o equilíbrio de forças na vida do seu protagonista.”

Guru do roteiro Robert McKee

“Este é o princípio: quando uma história começa, a vida está em equilíbrio. Sim, seu protagonista pode ter algum problema, mas é um problema que ele sempre teve — seu status quo. Em seguida, o catalisador tira o equilíbrio das coisas e dá ao personagem um novo problema, necessidade, objetivo, desejo ou missão. O personagem central passa o resto do filme tentando colocar as coisas de volta em equilíbrio.“

David Trottier, "The Screenwriter's Bible"

O que é um incidente incitante?

Quer sejam um roteiro, um roteiro piloto ou mesmo um romance, todas as histórias têm um momento que dá início à história, muitas vezes referido como o incidente incitante, o catalisador, o grande evento ou o gatilho. Esse incidente empolgante é o principal evento que ocorre e empurra o protagonista para uma situação fora de seu status quo, de modo a colocar a história em movimento. É o que leva o protagonista no caminho que o público vai acompanhar pelo resto da história até que ele alcance seu objetivo externo (ou objetivo interno).

Bem importante, certo?

Como encontrar seu incidente incitante

Todas as histórias são diferentes e, às vezes, pode ser difícil localizar esse momento. Você deve procurar aquele momento crucial sem retorno no início da sua história. O que é que inicia a reação em cadeia de eventos que, assim que acontece, seu personagem principal não pode simplesmente se afastar disso?

O que faz um bom incidente incitante

Muitas coisas são necessárias para garantir que essa cena funcione bem, mas aqui estão algumas orientações gerais:

1) Deve ser inesperado

Isso significa que algo pega nossos personagens de surpresa e os deixa completamente desprevenidos. Está fora de seu status quo. Frequentemente pensamos naqueles momentos em que lemos livros ou assistimos a filmes em que alguém é baleado ou esfaqueado inesperadamente. Esses tipos de cenas funcionam bem porque nos pegam desprevenidos e nos forçam a reagir. Não sabemos se a pessoa vai viver ou morrer, então, investimos em ver quem sobreviverá. O incidente se torna o condutor da história.

2) Deve mudar todo o rumo

Quando esse momento chega, nada mais importa. Tudo muda depois desse ponto. Nosso herói deve agora lidar com as consequências de suas ações. Ele pode não gostar dessas consequências, mas deve aceitá-las. Para sobreviver, ele precisa aprender novas habilidades ou superar obstáculos.

3) Não deve haver volta

Às vezes, as pessoas tentam usar o gatilho como uma forma de fechar o círculo da história. Elas dizem: 'Ah, sim, meu personagem sempre foi destinado a acabar fazendo X…” Isso não funciona muito bem. Um gatilho não deve resolver nada. Ele se destina a preparar o próximo capítulo. Portanto, tudo o que vier depois do incidente deve ser imprevisível.

4) Certifique-se de que seja crível

Tanto quanto possível, certifique-se de que o cenário seja algo que pode realmente acontecer. Não basta criar um dispositivo aleatório no enredo que pareça legal. Em vez disso, certifique-se de que as circunstâncias em torno do cenário sejam situações da vida real, pelo menos no gênero em que você está escrevendo. Diferentes tipos de histórias têm diferentes expectativas.

5) Mantenha a simplicidade

Não atrase você mesmo e sua história demorando muito para explicar o catalisador. A melhor maneira de ler um roteiro rapidamente é mantê-lo curto e agradável. Concentre-se em fazer o momento de forma adequada e rápida.

Outros elementos em comum nos grandes incidentes incitantes

Todos os grandes incidentes incitantes envolvem um protagonista que vive uma vida de complacência ou conforto. Trata-se de uma pessoa que nunca teve que lidar com nenhuma adversidade real anteriormente.

  • Eles criam um relógio em tique-taque; há um senso de urgência, ou pelo menos um senso de tempo em que o personagem terá que agir ou cuidar dessa questão o mais rápido possível.

  • É um tipo de conflito que precisa ser resolvido.

  • São coisas externas acontecendo aos personagens principais e os forçando a agir de alguma forma.

  • A forma como o personagem principal reage/lida com o incidente incitante diz mais ao público sobre ele.

  • Eles criam perguntas para o leitor ou espectador, fazendo-os se perguntar o que acontecerá a seguir.

Não existe uma fórmula simples para criar o incidente incitante perfeito, e pode ser fácil confundir qual momento em sua história é “o” momento que coloca todos os eventos em movimento. No entanto, conhecer e compreender seu personagem principal pode ajudar a esclarecer o incidente incitante.

Conheça seus personagens

Entender o que motiva seu protagonista é essencial para escrever uma história eficaz! O incidente incitante é o primeiro momento em que o leitor ou público terá um gostinho sobre como pode ser o arco da história do seu personagem.

  • O que ele deseja antes do incidente?

  • Como o incidente incitante afeta os planos dele?

  • Como seu personagem principal lida com o incidente incitante de forma diferente de como outros personagens podem lidar com ele?

Dedicar um tempo para contemplar a personalidade do seu personagem principal e a forma como ela se relaciona com os eventos ao redor dele pode ajudar você a entender seu incidente incitante.

Exemplos de incidentes incitantes em filmes

  • Se Beber, Não Case!

    Roteiro por Jon Lucas e Scott Moore
    Um grupo de amigos que celebravam uma despedida de solteiro acordam confusos após uma noite de curtição da qual mal se lembram e descobrem que seu amigo, o noivo, está desaparecido.

  • Tubarão

    Roteiro por Peter Benchley, Carl Gottlieb e Howard Sackler
    Um tubarão mata uma jovem nadando nua sozinha tarde da noite.

  • Harry Potter e a Pedra Filosofal

    Roteiro por Steve Kloves
    Hagrid diz ao jovem Harry Potter, que não tem nenhum conhecimento de um mundo mágico, que ele é um bruxo e foi aceito em uma escola de bruxaria.

  • A Fantástica Fábrica de Chocolate

    Roteiro por Roald Dahl
    Charlie, um menino gentil de uma família pobre, ganha uma entrada para a fábrica de chocolate de Willy Wonka.

  • Superbad - É Hoje

    Roteiro por Seth Rogan e Evan Goldberg
    Seth e Evan, alunos do último ano do ensino médio, concordam em comprar álcool para uma grande festa.

Como você pode ver, sem todos esses eventos acontecendo, esses filmes não teriam um enredo. Os personagens teriam continuado seus dias como de costume. Harry Potter não teria ido para Hogwarts, e a pequena cidade em "Tubarão" teria tido uma adorável e pacífica temporada de praia.

Embora o incidente incitante não seja necessariamente fundamental para se escrever uma grande história, ele é um elemento certamente importante para uma história completa. Um incidente incitante claro e crível que coloca seu protagonista em um caminho sem volta torna a história mais forte e convincente. Conhecer seu protagonista e escrever um incidente incitante adequado que o empurre para a ação caminham lado a lado. Portanto, não tenha medo de vasculhar a fundo e pensar um pouco sobre as motivações do seu personagem principal. Se estivesse no lugar dele, o que incitaria VOCÊ a fazer algo?

Boa escrita!

Você também pode se interessar por…

How to Use Mythology in Storytelling

Como usar a mitologia na escrita de roteiros

Um mito é uma história baseada em tradição que nos ajuda a explicar melhor o nosso mundo e a condição humana. Até a chegada do saudoso Joseph Campbell, Hollywood não sabia que suas histórias na tela eram baseadas em mitos antigos. Mas, hoje em dia, os contadores de histórias em todo o mundo reconhecem que existe um padrão na maioria das grandes histórias, sejam elas representadas no palco, em uma novela ou como um filme blockbuster de super-herói. Você também pode usar esse padrão mítico a seu favor. Você provavelmente já está incorporando algumas estruturas...

encontrar o alto conceito em seu roteiro

Como encontrar o alto conceito em seu roteiro

Você provavelmente já ouviu alguém dizer o seguinte: "esse filme tem um alto conceito", mas o que isso significa exatamente? Por que tantos executivos e estúdios procuram trabalhos de alto conceito? Hoje, vou detalhar o que significa precisamente "alto conceito", e dizer a você como encontrar o alto conceito em seu roteiro. Uma ideia de filme de “alto conceito” pode ser resumida a um gancho memorável e único. É um filme mais voltado para ideias ou para o mundo do que voltado para os personagens. Ele é fácil de comunicar e, acima de tudo, é original. Uma história de...
How to Find the Meaning of a Story

Como encontrar o significado da história do seu roteiro

A entrevista da SoCreate com Phil Cousineau, um contador de histórias com muitos créditos em seu nome, reservou muitos momentos esclarecedores para mim. Obviamente, sei que há um motivo pelo qual contamos histórias, mas Cousineau realmente fez tudo fazer sentido para mim com a citação acima. As histórias nos ajudam a entender o mundo e nosso lugar nele. E nos permitem saber que não estamos sozinhos em nossas experiências. O público investe em histórias que tenham alguma relevância e significado para ele. E, embora nem todas as histórias tenham sido contadas...