Blog de Criação de Roteiros
Publicado em por Courtney Meznarich

A roteirista Ashlee Stormo escreve uma cena em 7 minutos usando as instruções de vocês

É possível escrever uma cena em sete minutos? Esperamos que você tente fazê-lo, depois de assistir a este vídeo com a aspirante a roteirista Ashlee Stormo! Ashlee se inspirou em outro desafio de cena em sete minutos de Emily Carmichael para a Vanity Fair. Ashlee usou as instruções de VOCÊS para começar. Veja o que ela conseguiu em apenas sete minutos!

“Olá, roteiristas! Obrigada por enviar sugestões de nomes, gêneros e pontos de enredo – escolhi alguns aleatoriamente para escrever uma cena em 7 minutos! Você tentaria fazer esse desafio?”

Ashlee Stormo

"Olá, amigos! Meu nome é Ashlee Stormo e, nesta semana, estou em parceria com a SoCreate para fazer um desafio muito divertido no qual estou tentando escrever uma cena em apenas sete minutos.

Vocês talvez tenham me visto pedindo sugestão de gênero, personagem e ponto de enredo nos stories do Instagram recentemente, e essa é a finalidade deles. Peguei essa ideia da Vanity Fair, mas eles fazem o desafio com roteiristas profissionais. De qualquer forma, pensei que seria uma forma bacana de praticar uma escrita rápida.

Vou cronometrar meu tempo aqui. Sempre que falar com vocês, poderei pausá-lo. Muito obrigada a todos que contribuíram com pontos de enredo e com nomes no Instagram. O nome que peguei foi “Annalise”; o gênero é “filme de viagem na estrada”; e o ponto de enredo é “criança de oito anos incendeia um celeiro”. E, como se trata de um criança que coloca fogo em um celeiro, e como se trata de um filme de viagem na estrada, pensei que poderia usar outro personagem – por isso, peguei um segundo nome: Shanna. Acho que é assim que a pessoa gostaria que seu nome fosse pronunciado. Se não for, peço desculpas. Mas a Shanna será nossa personagem de apoio.

Então, estou com meu cronômetro, e vou começar agora.

Eu acho que Annalise deve estar envergonhada, porque quero começar essa cena logo depois que ela acabou de incendiar o celeiro, mas a plateia ainda não sabe disso. Então, você começa a ver e pensa: 'Por que ela está chorando?' Então, se esta é uma viagem, na minha opinião, essas pessoas estão fugindo da cena do crime. Assim como em Thelma e Louise: podemos ver filmes semelhantes ao que estamos escrevendo, e, em Thelma e Louise, elas também estão em uma viagem. E é como chegar à maioridade. Mas elas também estão escapando de algo que fizeram que foi horrível. Então, esse é o tipo de vibe que eu vou seguir. Você ajudaria alguém a encobrir o ato ou ajudaria alguém a assumir tudo e ir à polícia?

Eu quero que a tia seja meio desequilibrada. E ela reage mal porque não é uma adulta muito responsável. Enquanto escrevo isso, estou pensando: 'Por que você não chama os bombeiros se incendiar um celeiro? Tipo, é uma criança. Você poderia facilmente escapar de problemas quando criança, porque é menor de idade. E isso só pior quando Shanna foge do local, não se responsabiliza e não chama os bombeiros. Então, na minha opinião, precisa ser algo mais importante do que aquilo que ela fez. Estou pensando em algo tipo: 'No ano passado, ouvi falar dessas crianças que começaram um incêndio'. Então, talvez este celeiro em chamas tenha começado um incêndio incontrolável, e Shanna esteja enlouquecendo e tentando entrar em contato com os pais de Annalise porque talvez estivesse embriagada quando isso aconteceu, e não estava prestando tanta atenção como deveria. Então ela fica tipo: 'Oh, meu Deus! Vou ter problemas porque eu estava tomando conta dessa criança.

Então, é nesse caminho que estou tentando seguir com isso agora, porque estou tentando amarrar isso tudo e dar mais sentido, e garantir ao personagem um motivo melhor em relação a por que o adulto está agindo tão mal. Enquanto me aprofundo nisso, eu me pergunto: na minha ideia, a Annalise tinha seis, sete ou oito anos, de seis a oito, mas acho que seria muito mais interessante se ela fosse um pouco mais velha. Então, poderíamos explorar mais temas sobre ela, tipo: 'Bem, Shanna, você era a responsável, onde estava? Não consegui encontrar você quando tudo pegou fogo!'

Quero que isso aconteça em algum momento dos anos 1990, pois não seria possível usar o celular. As crianças tem celular atualmente. As crianças de que tomo conta têm celular. Por isso, seria preciso que tudo ocorresse em uma situação na qual ela não tivesse acesso a um celular. Caso contrário, ela poderia ligar para a emergência.

E acho que, ao perceber qual é a idade real dela quando já se passaram cinco minutos em uma cena de sete minutos realmente mostra que, para mim, é muito importante traçar e planejar os personagens. Sei que muitas pessoas gostam de apenas remover os excessos, e isso é ótimo. Mas prefiro ter uma estrutura, pois, se eu soubesse que ela tinha mais de 10 anos e pudesse manter conversas de adulto, poderia usar esses temas mais cedo neste exercício cronometrado. Por isso, quero que a Annalise fale: “Não é minha culpa, é sua culpa! Você é que está no comando!”

Sete minutos. Estamos a sete minutos agora. Sete minutos e três segundos.

Enquanto eu continuava escrevendo, decidi que seria interessante se Shanna e Annalise fossem o oposto uma da outra. Então, quero que Annalise seja uma garotinha muito sisuda, conservadora e séria. E quero que Shanna seja uma jovem adulta desgrenhada e muito irresponsável. Eu acho que isso tornaria a história muito divertida, porque, novamente, voltando ao tema da maioridade e de viagem, você poderia explorar que elas poderiam aprender coisas uma com a outra. Clássico. Nós amamos isso.

Bem, o que tenho até agora é realmente péssimo.

Só para tentar integrar o maior número de pessoas possível, peguei mais duas instruções de vocês, mais dois pontos de enredo para incluir. Vamos fingir que um executivo de estúdio me enviou algumas notas e disse: "Precisamos incluir esse ponto de trama por causa de um anunciante que deseja que seu produto seja incluído no roteiro", para fins de financiamento. Então, adicionaremos "moeda em uma garrafa", que é um ponto de trama, e, em seguida, "maconha encontrada em reunião de família". Então, eu vou adicionar esses pontos de trama.

Annalise ouviu antes de seus pais que a Shanna não é tão responsável. Shanna vai dizer: "Bem, por que eles acham que eu sou irresponsável?" E eu quero que a Annalise diga: "Eles me falaram sobre a reunião". E, então, vai haver um flashback onde há essa reunião de família, e eles são muito nervosos, assim como como a Annalise, mas Shanna está fumando de forma recreativa.

Certo, agora, estou a dois minutos e 55 segundos. Agora, preciso adicionar “moeda em uma garrafa". Uma moeda em uma garrafa… uma moeda em uma garrafa. Realmente não sei como adicionar isso. Por que as pessoas guardam moedas em garrafas? Hmm. Uma moeda na garrafa. Ah! Vamos fazer dela um jarro de palavrões. Vamos fazer dela um jarro de palavrões porque a Annalise é muito certinha. Eu estava pensando em uma garrafa com moeda flutuando rio abaixo, mas isso não cabe aqui quando estamos em um carro. Então, vou adicionar um jarro de palavrões. Bem, estou me sentindo meio que inteligente por saber como incluir na trama uma moeda em uma garrafa!

Certo, eu provavelmente poderia passar três horas editando isso e o deixando fantástico. “Fantástico” até o ponto em que algo criado por uma iniciante poderia ficar. Mas realmente gostei! Posso me ver usando isso como um roteiro pleno. Adoro filmes de viagens porque eles permitem que você leve a história para lugares cada vez mais bizarros. Então, se eu fosse continuar com isso, provavelmente as colocaria em situações cada vez mais ridículas e meio que explicaria por que Annalise é tão certinha, e Shanna, tão irresponsável.

Acho que esse é um exercício muito bom. Basta sentar-se e escrever, sem preciosismos sobre seu trabalho. Passe suas ideias para a página, e depois você pode retornar e editar. E sempre há tempo para escrever. No mínimo, toda semana. Basta apenas não assistir a um episódio de “The Office”, seja de sete minutos ou treze, no meu caso.

Muito obrigada por assistir. Não se esqueça de seguir a SoCreate e todos os recursos incríveis que eles oferecem gratuitamente para roteiristas. Nos vemos em breve!"

Ashlee Stormo, aspirante a roteirista

Você também pode se interessar por…

Comentários