Blog de Criação de Roteiros
Publicado em por Courtney Meznarich

3 habilidades a aprimorar para produzir um podcast narrativo inesquecível

Fazer um podcast é a nova fronteira quando se trata de lugares onde você pode contar suas histórias. Você não está mais preso ao processo competitivo de vender seu roteiro, nem ao processo assustador de tentar fazer um filme por conta própria. Agora, você pode contar suas histórias com um celular e alguns efeitos sonoros. E, se fizer isso direito, você pode ser muito bem-sucedido.

Neste artigo, vamos conferir em detalhes três habilidades que o produtor especialista em podcast Jeff Graham afirma que você deve possuir para contar sua história em áudio, incluindo:

  • Otimizar o som

  • Aprender sobre software de podcast

  • Ter uma ótima ideia

Jeff é um produtor de mídia digital. Nos bastidores, ele é responsável por podcasts de sucesso como “The Screenwriting Life”, com os escritores da Pixar e Disney Meg LeFauve e Lorien McKenna; “Better Together with Maria Menounos”; e “The Film Scene”, com Illeana Douglas. Às vezes, ele também assume os microfones para coapresentar, e é mestre em manter a dinâmica dos programas, manter as coisas interessantes e aumentar a audiência dos podcasts.

Assinaturas do SoCreate em breve!

As avaliações beta estão completas, mas você pode se inscrever para ser notificado assim que seu serviço de assinatura começar.

Abaixo, saiba mais sobre as três habilidades que ele afirma ser essenciais para o sucesso ou fracasso de um podcast. E você pode se surpreender ao descobrir que não é necessário qualquer equipamento de podcast caro e sofisticado!

3 habilidades para criar um podcast narrativo inesquecível

Se você quer compartilhar suas histórias, mas não está avançando na venda do seu roteiro, talvez seja hora de resolver o problema com suas próprias mãos e desenvolver um podcast narrativo.

Os podcasts narrativos contam histórias ao longo de uma série de episódios e são relativamente baratos (ou gratuitos) para produzir, dependendo do nível de produção.

Esse meio é excelente para os contadores de histórias testarem seus projetos, verem a que o público responde e experimentarem uma forma diferente de contar histórias por meio de um canal audível, em vez de visual. Você desenvolverá novas habilidades de contar histórias adaptando seus contos, romances ou roteiros para os ouvidos, em vez das telas.

Perguntamos a Jeff quais habilidades são necessárias para ser um produtor de podcast. Com as respostas dele, você pode criar um podcast narrativo em pouco tempo.

Otimizar o som

“Acho que grande parte do conhecimento de produção que acompanha o cinema também acompanha o podcast, mas é muito específico para o som”, ele começou. “Então, bem, há a resposta técnica de entender como otimizar o som para um podcast.”

Para iniciantes, veja como otimizar o som do seu podcast:

  • Grave em uma sala grande e silenciosa para que o som não seja refletido em superfícies e paredes próximas

  • Fale diagonalmente em seu microfone para produzir menos ruídos em palavras com “p” e “b”

  • Mantenha os níveis de entrada mais baixos, em vez de mais altos, estabelecendo cerca de -20 decibéis em seu fader (cerca de metade para cima)

  • Grave arquivos de áudio de alta qualidade em arquivos WAV ou AIFF de 24 bits/48 kHz para facilitar a edição

  • Grave vozes de personagens e efeitos sonoros separadamente e, em seguida, coloque-os em um programa de edição

  • Evite processar excessivamente seu som na pós-produção

Aprenda sobre software de podcast

Você não precisa de um software de podcast sofisticado para fazer um bom programa, mas deve entender como usar as ferramentas de áudio, seja no seu software adquirido ou nas ferramentas disponíveis em seu dispositivo móvel.

“É um pouco bagunçado no mundo do podcast atualmente, porque há programas que estão prosperando, como NPR, Wondery ou Gimlet, os quais são podcasts narrativos altamente produzidos, mas também há programas com ainda mais audiência do que programas gigantes da NPR nos quais são pessoas em torno de um microfone apenas falando”, explicou Jeff. “E eles podem até não ter o mesmo nível de qualidade de produção que alguns desses programas da NPR têm.”

Jeff sugere que os podcasters aprendam a mexer especificamente no Pro Tools e no Logic, “a tecnologia por trás do que otimiza o som para a produção”.

Porém, se você não pode pagar por essas ferramentas, sempre há outra maneira.

“Ou, eu poderia dizer, tenha uma ótima ideia para um programa que você poderia produzir em sua garagem com seu celular, e você talvez consiga encontrar um público.”

Tenha uma ótima ideia

“Estamos em uma encruzilhada muito interessante em termos de podcasting, especificamente onde há vários caminhos a seguir”, disse Jeff. “E acho que, assim como na televisão, no cinema ou em qualquer mídia, tudo se resume a uma ideia muito, muito boa, e a otimizar essa ideia da melhor maneira possível — porém, sabendo que é uma ótima ideia, mesmo que não haja os mesmos recursos, financiamento ou até mesmo suporte de produção de uma grande rede, ela pode realmente se destacar se for boa o suficiente.”

A melhor coisa sobre o podcasting é que ele é relativamente de baixo risco. E também não ficará parado por anos, como um roteiro pode ficar. Teste sua ideia compartilhando-a por meio de um podcast para ver se ela é ótima. Se as pessoas consumirem, você sabe que tem uma ideia vencedora em suas mãos.

Além disso, você pode usar esse público interno para mostrar aos produtores o interesse em sua história ao tentar levar seu roteiro de volta ao mercado para vendê-lo.

Gostou desta publicação? Compartilhar é cuidar! Gostaríamos MUITO se você a compartilhasse na plataforma social de sua preferência.

Conclusão

Alguns podcasts são altamente produzidos, mas nem todo podcast narrativo de sucesso tem um grande estúdio de produção por trás. Você deve considerar os podcasts um novo meio altamente acessível para contar histórias. Explore e experimente no meio com algumas ferramentas simples. Nunca se sabe quem está esperando para ouvir uma história como a sua!

Está me ouvindo?

Você também pode se interessar por…

adaptar um roteiro para um romance

Como adaptar um roteiro para um romance

Muitas vezes ouvimos falar em adaptar um romance para um roteiro, mas e se você quiser inverter esse processo de adaptação? Adaptar um roteiro em um romance é uma maneira indireta de atrair produtores ou ganhar dinheiro com sua história original sem ter que vender o roteiro original. No passado, os escritores escreviam livros originais, vendiam sua opção para uma produtora e depois escreviam um roteiro de filme baseado no romance. Atualmente, alguns escritores pegam sua ideia original para um roteiro de especulação, transformam-no em um livro, vendem...

gravar um filme no seu iPhone

Como gravar um filme no seu iPhone

Já se foram os dias do cinema DIY que consistia no uso de câmeras de filme profissionais volumosas. Hoje, o smartphone de qualquer pessoa permite capturar vídeos com uma sensação de facilidade que as pessoas não poderiam sonhar há 25 anos. O iPhone da Apple, em particular, ganhou uma forte reputação por seus recursos de vídeo. Realmente é possível filmar um longa-metragem no seu iPhone? A resposta que você está esperando é “sim”: você pode gravar um filme inteiro no seu iPhone. E pode até mesmo completar todo o processo de filmagem em um smartphone...

autodistribuir um filme

Como autodistribuir um filme

Não há como negar o processo de produção empolgante e muitas vezes mais rápido (do que Hollywood tradicional) do cinema independente. Embora fazer um filme independentemente não seja uma caminhada fácil, é estimulante e imensamente satisfatório criar um filme sozinho. Mas, depois que um filme independente encerra sua produção e pós-produção, o que acontece? Como um cineasta independente consegue um acordo de distribuição sem um agente de vendas ou distribuidor tradicional? Continue lendo, pois hoje vou falar sobre como montar uma estratégia de...