Blog de Criação de Roteiros
Publicado em por Courtney Meznarich

Não faça esta pergunta durante seu networking, roteirista

O desejo de fazer esta pergunta é real! Na verdade, aposto que você já cometeu esse grande erro de networking, roteirista. Mas, o que nós, escritores, fazemos? Tentamos, tentamos e tentamos novamente. E, depois de ler isso, você não pode dizer que não sabia.

Perguntamos ao roteirista da Disney Ricky Roxburgh o que ele acha que é o maior erro de networking que os roteiristas cometem, e ele estava ansioso para responder porque disse que viu os mesmos equívocos repetidamente.

Mantenha seu lugar na fila, roteirista! Estamos chegando perto de lançar o software SoCreate Screenwriting para um número limitado de testadores beta. , sem sair desta página.

“Essa talvez seja a melhor [pergunta]”, ele afirmou. “As pessoas não entendem o que é fazer networking com outros escritores.”

Ele detalhou tudo para nós, descrevendo uma boa reunião de networking e uma ruim.

Como deve ser um bom networking para um roteirista?

“As melhores reuniões são aquelas em que eu me sento, e eles só querem conversar, só querem saber como é o processo, querem saber como cheguei onde cheguei”, ele nos contou.

As pessoas não entendem o que é fazer networking com outros escritores. As melhores reuniões são aquelas em que eu me sento, e eles só querem conversar, só querem saber como é o processo, querem saber como cheguei onde cheguei.
Ricky Roxburgh
Roteirista

Networking – o que fazer:

  • Pense no networking como um momento de fazer amigos, em vez de pensar no que você ganha com isso. O que eles ganham? Espero que pelo menos tenham uma conversa agradável com a reunião ou aprendam algo com você.

  • Uma das melhores maneiras de quebrar o gelo ao fazer networking é perguntar à pessoa sobre ela mesma. O que você realmente deseja saber sobre essa pessoa e sua experiência? O que pode aprender com ela? A conversa deve fluir a partir daí.

  • Guarde alguns pontos de discussão na manga para o caso de a conversa ficar estranhamente quieta. Alguns exemplos incluem: “Então, no que você está trabalhando atualmente?”, “Você tem algum passatempo além de escrever roteiros?”, “Qual é o filme/roteiro/programa de TV favorito que você viu recentemente?”

Como é um networking ruim para um roteirista?

“Os piores são do tipo: 'Aqui está meu roteiro'. Isso é o errado a se fazer”, ele afirmou. “Acho que eles deveriam estar pedindo para ler meu roteiro, porque meu roteiro passou pelo 'espremedor', produzido pela Disney. Como você pode aprender e crescer com ele? E, fazendo isso, você ganhará um novo contato.”

Networking – o que não fazer:

  • Não converse sobre você. Tente colocar a pessoa que você está conhecendo no centro da interação. Faça com que ela fale sobre suas experiências, e ela naturalmente ficará curiosa sobre as suas.

  • Após a reunião, não perca contato, ou para que teria servido tudo isso? Mantenha sua conversa e acompanhe os projetos recentes da pessoa (não os seus) e qualquer outra coisa que ela compartilhou com você sobre a vida dela. Não apenas acumule contatos – permaneça em contato com sua rede e considere-a mais como uma comunidade de pessoas que está em uma jornada semelhante à sua.

  • Não peça a elas para lerem seu roteiro. Não lhes peça um emprego. Não peça uma conexão. Nesse caso, não peça nada! Você está aqui para construir e aprender com sua rede, e não para pedir favores. No mínimo, faça algo por elas. Como você pode ajudar e a quem pode apresentá-las? Não precisa ser relacionado ao setor. Ei, pode ser até mesmo seu encanador!

“É mais provável que o escritor não esteja em posição de gostar de você e contratá-lo. É melhor ganhar a confiança dele e olhar para ele mais como um possível mentor”, Ricky afirmou. “Ao passo que, se você encontrar alguém e disser: 'Ei, você pode ler meu roteiro?' na primeira reunião, imediatamente olharei para você e pensarei: 'Deus, preciso ler seu roteiro.'”

Então, posso ler seu roteiro?

Você também pode se interessar por…

encontrar workshops de roteiro para iniciantes e especialistas

Como encontrar workshops de roteiro para iniciantes e especialistas

Como encontrar o workshop de roteiro certo para você? Vale a pena assistir a eles? Hoje, estou aqui para compartilhar com vocês meu conselho sobre como encontrar e participar de workshops de roteiro com base em minha experiência pessoal, seja você iniciante, especialista ou algo entre os dois. O que você deve procurar em um workshop de roteiro? Workshops de roteiro podem ser uma ótima maneira de aprender, crescer e aprimorar sua arte, mas nem todos são iguais. Os escritores devem pesquisar o workshop em que estão interessados, ler as avaliações e entender...

aproveitar as vantagens da comunidade de roteiristas online

Como aproveitar as vantagens da comunidade de roteiristas online

A internet pode ser o aliado mais valioso do roteirista. Fazer networking, tornar-se parte de um grupo de roteiristas e a capacidade de se manter atualizado com as notícias do setor: a comunidade de roteiristas online é uma ferramenta frequentemente subestimada por escritores que desejam entrar na indústria. Hoje, vou aconselhar você sobre como aproveitar as vantagens da comunidade online de roteiristas. Faça novos amigos roteiristas. Conhecer outros roteiristas online é uma ótima maneira de fazer parte da comunidade de roteiristas, especialmente se você não mora em um...

Minha experiência em um laboratório de roteiro

Minha experiência em um laboratório de roteiro

Em setembro de 2019, tive o privilégio de ser escolhida como bolsista do NewEnglandFilm.com para participar do Narrative Lab do Stowe Story Labs em Stowe, Vermont. Hoje, vou falar sobre como foi minha experiência no laboratório, do que eu gostei, quais foram minhas maiores lições e o que recomendaria que você faça, caso participe de um laboratório de redação! O que é o Stowe Story Labs? O Stowe Story Labs é uma organização sem fins lucrativos que tem como objetivo reunir escritores, cineastas e produtores, juntamente com profissionais do setor, para realizar...