Blog de Criação de Roteiros
Publicado em por Alli Unger

Conselhos valiosos do premiado roteirista Peter Dunne

Sua escrita fala por você?

Se não, é hora de começar a fazê-la falar. É fácil se perder no formato, na estrutura da história, nos arcos de personagem e nos ajustes de diálogo, e podemos rapidamente perder a história de vista. Qual é a essência da sua história?

Ei, roteirista! Quer ser um dos primeiros a experimentarem o Software de Roteiro SoCreate? sem precisar sair da página.

A resposta, de acordo com o premiado produtor e escritor Peter Dunne, é você.

“Precisamos estar cientes, como escritores, de que escrever é, para nós, descobrir quem somos, e não dizer a todos quem somos da forma como nos conhecemos, mas permitir que a escrita nos diga como realmente nos sentimos sobre as coisas”, ele afirmou durante a Conferência dos Escritores da Costa Central, patrocinada pela SoCreate.

Dunne é mais conhecido por "C.S.I.: Investigação Criminal" e "JAG", ambos produzidos por ele. Também escreveu e produziu “Melrose Place”. Ele ganhou um Emmy, um Peabody, dois prêmios Media Access e muitas outras honrarias, e atualmente ensina roteiro no School of the Arts and Writers’ Program da UCLA. Mas, mesmo com todos esses elogios, a lição de redação mais essencial que ele aprendeu e ensinou ao longo dos anos é simples:

“Nossa melhor escrita acontece quando o pensamento para”, afirmou. “Muitas vezes, ficamos surpresos com o que estamos escrevendo. Na verdade, na manhã seguinte, você pode olhar para seu trabalho e dizer: ‘Uau, eu escrevi isso?’”

O conselho de Dunne aos escritores é nunca sacrificar a verdade da história em prol da ação do enredo. O enredo é o que está acontecendo e o caminho necessário para se chegar a algum lugar, mas a história é que está mudando conforme acontece, além de ser a jornada para a verdade.

“A escrita vem até nós depois que permitimos que o pensamento vá embora”, disse ele. 

Dunne escreveu um livro intitulado “Emotional Structure: A Guide for Screenwriters” (Estrutura emocional: um guia para roteiristas) para ajudar os escritores a contar histórias com mais clareza, profundidade e poder, e alcançar aquele “algo” que parece estar faltando em tantos roteiros e que só se desenvolve quando abrimos mão de um pouco do controle. Você também pode encontrar mais de suas entrevistas aqui em nosso site, incluindo esta inspiradora discussão sobre por que escrevemos histórias.

Hora de remover os limites da sua imaginação e começar a escrever.

Boa escrita!

Você também pode se interessar por…