Blog de Criação de Roteiros
Publicado em por Courtney Meznarich

Como ser pago para criar

ser pago para criar

A verdade é a seguinte: se você quer ganhar dinheiro sendo um autor, precisará usar tanto o lado direito quanto o esquerdo do cérebro. Argh, eu sei. Se você é um dos tipos criativos que prefere desistir de sua busca por uma carreira criativa independente do que precisar fazer as CONTAS (diga que não sou só eu!) ou qualquer coisa técnica (criar meu próprio site? Uh, não), tenho boas noticias. Se você quer independência criativa e dinheiro suficiente, pode ser pago para fazer sua arte — seja lá o que for — com um pouco de coragem, alguma perspicácia para os negócios e uma pequena dose de aritmética.

Reserve seu lugar na fila, roteirista! Estamos mais próximos de lançar o Software de Roteiro SoCreate para um número limitado de testadores beta, de novatos a profissionais. sem sair da página.

A seguir, listei vários lugares onde você pode ganhar dinheiro com sua arte online, mas há algumas informações que você precisa organizar antes de entrar no mercado online. Outra palavra desagradável que os criativos parecem odiar: marketing.

Eu sou uma profissional de marketing, então, entendo. E também odeio essa palavra. Algo sobre ela parece tão... vendável? Porém, vender alguma coisa, no seu caso, é ótimo! Não importa o quão excepcional seja seu talento, se ninguém o vir/ouvir/ler/assistir/experimentar, você estará fazendo um desserviço ao mundo. Você tem o dom da criatividade, e quero que o compartilhe com o mundo! Portanto, abrace o marketing, mesmo que seja apenas para as próximas nove etapas.

Marketing básico para criativos

  1. Encontre seu nicho

    Vender a si mesmo e ao seu trabalho é conhecer a si mesmo e ao seu trabalho. Descubra o que torna seu produto único — seja uma pintura, um blog ou um beat. Quem o adora? Quem precisa dele? Quem vai comprá-lo? Descreva essa pessoa ou pessoas em uma folha de papel. Esse é seu público-alvo.

  2. Conheça o cenário

    Quem mais está criando um trabalho como o seu? Por que o seu é diferente? De que forma o da outra pessoa está melhor? Conheça sua concorrência e outros criadores que estão em um caminho semelhante. Entre em contato com eles para descobrir por que a estratégia deles está funcionando (ou não), e como podem funcionar para você também.

  3. Ensine as pessoas

    Depois de descobrir o que você tem a oferecer que as pessoas desejam, ensine-as como fazer isso. Não se preocupe: elas não vão copiar você. Elas aprenderão com você e se tornarão para sempre seus grandes fãs. Elas vão encontrar valor no que você faz, porque você está fazendo de uma forma diferente de todo mundo. Elas vão confiar em você como uma autoridade em seu ofício. Lembre-se de que você também teve que aprender pelo menos parte do que sabe a partir de outra pessoa.

  4. Mantenha a conversa em andamento

    Não deixe que os fãs do seu trabalho cheguem e vão embora. Mantenha-os por perto, capturando seus dados de contato, fazendo com que eles se inscrevam, pedindo para que eles participem ou solicitando que o sigam. Você deve construir uma comunidade de fãs em torno do seu trabalho para ter uma base de clientes engajada. Isso também ajuda a identificar quem são seus clientes em uma escala maior, porque você tem uma amostra mais significativa para analisar. Fique em contato com seus fãs, e eles acabarão se tornando clientes e embaixadores.

  5. Faça a pergunta

    É aqui que entra a parte de vendas. Para ganhar dinheiro, você deve vender seu trabalho. Ele não vai se vender sozinho. Lembre-se: se alguém já está analisando seu trabalho, você ganhou mais da metade da batalha. Isso significa que a pessoa quer comprar. Agora, convença-os de que ela deve fazer isso. Faça a pergunta, estipule o preço de seus produtos e venda seu trabalho.

  6. Defina expectativas e supere-as

    Lembre-se de que as pessoas que compram seu trabalho criativo são clientes, e os clientes adoram ser surpreendidos positivamente. Ame seus clientes e sua comunidade, e eles o amarão de volta. Mantenha contato com eles, expresse seu agradecimento genuíno, escreva uma nota agradável, envie-lhes uma mensagem em suas redes sociais ou inclua algo extra em suas compras. Se eles se sentirem bem com você e com seu trabalho, contarão isso para o mundo.

  7. Seja resiliente e paciente

    Negócios de qualquer tipo não são fáceis, e, para os criativos, podem ser ainda mais desafiadores. Você está vendendo seu coração e alma, e não o produto de outra pessoa. As pessoas vão adorar seu trabalho e vão odiá-lo, mas não será muito especial se o seu trabalho for tudo para todos. Abrace os que o odeiam e continue em frente. Levará algum tempo para encontrar seu pessoal, mas tudo bem. Mantenha a cabeça erguida, continue criando, e eles virão.

  8. Acompanhe tudo

    De hospedagem na web a gasolina, pincéis e mais, todas as despesas têm o potencial de se tornar dedutíveis de impostos quando você abre um negócio por conta própria. Manter o controle de tudo isso também permitirá que você calcule o custo real de fazer negócios e ajuste seus preços em conformidade.

  9. Pareça profissional

    Você é um escultor, então, a qualidade das suas imagens não importa, certo? Você é músico, portanto, ninguém se preocupa com suas habilidades em design gráfico. E daí se houver erros de digitação nas descrições das pinturas? Essas coisas são importantes porque tudo o que representa você e seu trabalho está vendendo uma ideia, uma aspiração e um sentimento. Não faça nada que possa tirar seu incrível talento ao desviar seus clientes da verdadeira característica: sua criatividade. De assinaturas de e-mail a embalagens, preste atenção a cada detalhe como se tudo estivesse contando uma história sobre você, porque realmente é isso.

    Agora que você já acertou os detalhes, vamos divulgar sua criatividade! A rede mundial de computadores é um lugar maravilhoso e cheio de oportunidades para os artistas construírem suas carreiras. Você só precisa saber por onde começar.

Como vender seu trabalho criativo usando recursos online

  1. Amplie seu trabalho

    Abaixo, no item 8, listei alguns lugares para vender seus produtos criativos online. Existem muitas outras opções por aí. Você pode vender obras de arte originais, estampas, mercadorias com base em suas obras de arte, poemas e contos, assinaturas de seu blog ou conteúdo especializado, acesso à sua música e outras vantagens para sua comunidade. Seja criativo — como você pode redirecionar seus trabalhos criativos e vendê-los de uma forma que seja mais fácil de sustentar? Como ampliar uma única parte de conteúdo? As possibilidades são infinitas.

  2. Licencie seu trabalho para que outros o usem

    Para música, imagens, vídeos e muito mais, você pode contar com outra pessoa para ajudá-lo a licenciar seu trabalho para uso por terceiros. Há muitas maneiras de fazer isso, e algumas até permitem que você mantenha os direitos sobre seu trabalho e direcione como ele pode ou não ser usado.

  3. Comissões privadas e trabalho freelance

    Do Upwork ao Fiverr e muito mais, você pode anunciar praticamente qualquer oferta de serviço criativo registrando-se em um mercado online. Você também pode usar seus canais sociais (ou site, se tiver um) para oferecer comissões privadas e trabalhos freelance. Embora não seja responsável por decidir qual será exatamente sua produção criativa, você será pago para usar suas habilidades.

  4. Dê uma aula, faça consultorias ou ofereça tutoriais online

    Se você é bom em um instrumento musical, escreve postagens nas redes sociais que chamam a atenção ou adora desenhar histórias em quadrinhos, ensine outra pessoa a fazer isso também! Se você não pode ou não quer vender seu trabalho criativo, venda sua habilidade dando aulas, prestando consultoria para empresas ou oferecendo tutoriais online.

  5. Escreva um blog sobre sua indústria

    Mantenha um blog, seja em seu site ou por meio de uma plataforma de blog online como o Medium.com, e escreva sobre seu trabalho. Escreva sobre novos acontecimentos em sua área, outros artistas que você admira em sua indústria, ou desafios e sucessos que você está tendo com seu trabalho. Isso o posicionará como autoridade no assunto e dará à sua comunidade de fãs uma visão sobre seu processo e perspectiva.

  6. Crie um e-book

    Um e-book é uma ótima maneira de oferecer tutoriais, livros sobre um tópico, histórias de ficção ou não ficção e muito mais sem seguir a rota de publicação tradicional. Você pode vender e-books online e oferecê-los como uma forma de ganhar assinantes.

  7. Instrua e oriente outros criativos em sua área

    Quer você seja um coach e mentor pago ou gratuito, oferecer esse serviço mostra que você é uma autoridade em seu espaço criativo e o faz se sentir bem. É sempre bom estender e oferecer uma mãozinha a alguém depois de chegar ao topo.

  8. Considere mercados online em sua área

    Atualmente, existe um mercado online para praticamente qualquer empreendimento criativo. A maioria oferece uma maneira fácil de obter algum dinheiro pelo seu trabalho, e alguns criativos até fazem carreira nesses sites assim que decifram o segredo para o sucesso.

Sites para músicos ganharem dinheiro online

Para obter sucesso financeiro como criativo, você deverá mudar sua mentalidade para agir como um empresário, em vez de um amador. É assim que deve ser. Porém, com a ajuda de alguns incríveis recursos online, é muito mais fácil ser pago para criar nos dias de hoje. Prepare sua oferta, seu público e seus canais: você PODE fazer isso.

Agora vamos aos negócios,

Você também pode se interessar por…

ganhar dinheiro com seu roteiro

Como ganhar dinheiro com seu roteiro

Você concluiu seu roteiro. Gastou muito tempo planejando e traçando tudo meticulosamente, fez o trabalho árduo de criar o primeiro rascunho e depois voltou várias vezes para fazer a reescrita necessária. Parabéns! Terminar um roteiro não é pouca coisa! Mas e agora? Você o vende, entra em concursos ou tenta fazer com que ele seja produzido? Não o deixe ficar em uma prateleira acumulando poeira. Veja como ganhar dinheiro com seu roteiro. A primeira coisa que provavelmente vem à mente é vender seu roteiro para uma produtora ou conseguir uma opção. Como você faz...
Pagamento de roteirista

Quanto dinheiro um roteirista ganha? Perguntamos para 5 escritores profissionais

Para a maioria, escrever é menos um trabalho e mais uma paixão. Mas não seria ideal se pudéssemos ganhar a vida em uma área pela qual somos apaixonados? Não é impossível ser pago para fazer o que você ama, se você estiver disposto a aceitar a realidade: não há muita estabilidade para os escritores que escolhem esse caminho. Perguntamos a cinco roteiristas especialistas quanto dinheiro o escritor médio pode esperar ganhar. A resposta? Bem, ela é tão diversificada quanto as experiências de nossos especialistas. De acordo com a Writers Guild of America West, a quantia ...

ganhar dinheiro com seus curtas-metragens

Como ganhar dinheiro com seus curtas-metragens

Os curtas-metragens são uma excelente maneira para um roteirista produzir um de seus roteiros, para aspirantes a roteiristas-diretores divulgarem seus trabalhos, e também como uma espécie de prova de conceito para um projeto de formato mais longo que você pretende criar. Festivais de cinema, várias plataformas online e até serviços de streaming são locais onde curtas-metragens podem ser destacados e encontrar um público. Os roteiristas muitas vezes começam escrevendo curtas-metragens e, em seguida, produzindo-os para aprender o ofício. Mais do que nunca, existem...