Blog de Criação de Roteiros
Publicado em por Courtney Meznarich

Como criar um cronograma de roteiro que funcione para você, com o escritor e vencedor do Emmy Ricky Roxburgh

A procrastinação é o maior inimigo do roteirista? Em ordem do fator mais prejudicial para o menos prejudicial, acho que a procrastinação está empatada com a insegurança e os bloqueios criativos. Mas a boa notícia é que temos soluções para todos esses desafios, e seu único trabalho é implementá-las. Primeiro passo: crie um cronograma de escrita que você possa cumprir. Eu realmente acredito que todos os escritores precisam de um, caso realmente queiram fazer as coisas e se aprimorar. E sabe de uma coisa? Tenho a opinião de um especialista vencedor do Emmy para me apoiar.

“Se alguém decidir hoje que quer ser um roteirista, a primeira coisa que eu diria a ele para fazer é tratar a situação como se você tivesse acabado de conseguir um novo emprego. E diria para ele criar um cronograma próprio."

Ricky Roxburgh é roteirista da Disney Television Animation e vencedor recente do Emmy. Ele faz parte da equipe responsável por programas como “As Enroladas Aventuras da Rapunzel” e o filme “Como Salvar o Papai Noel”.

“Você ouvirá muitas coisas como 'apenas dez minutos por dia, cinco minutos aqui ou ali'. Não faça isso”, disse Roxburgh. “Reserve algumas horas, pelo menos, e faça disso algo regular.”

Ricky nos revelou em uma entrevista anterior que pratica escrita por mais de quatro horas todos os dias, além de seu trabalho regular como escritor. E embora esse mesmo cronograma possa não funcionar no seu caso, você deve criar um cronograma de roteiro e segui-lo.

Veja por que você deve criar um cronograma de roteiro:

  1. Mantenha-se responsável

    Ninguém vai ficar de olho em você, especialmente se você não estiver na folha de pagamento de ninguém. Um cronograma mantém você responsável. Então, seus amigos querem ir jantar? Desculpem-me, amigos, preciso escrever. Há uma nova série na Netflix? Não é à toa que ela é sob demanda. O cronograma não permite que você dê desculpas, porque, se faltar ao trabalho, você faltará ao trabalho. E você sabe o que aconteceria em um trabalho real se você perdesse seu turno.

  2. Torne isso oficial

    Muitos escritores lutam contra as inseguranças e sofrem da síndrome do impostor. E, embora você possa sentir que não é um "escritor de verdade", estou aqui para lhe dizer que isso é uma besteira – pura bobagem. Pense no que faria você se sentir um profissional e entenda que, seja o que for (um serviço pago, seu nome nos holofotes), isso pode acontecer a qualquer momento se você estiver preparado para aproveitar a oportunidade. Você É um escritor de verdade, e o cronograma de roteiro o torna assim. Ele também ajuda você a se preparar para o dia em que estará na folha de pagamento de alguém.

  3. Pratique

    Um cronograma de roteiro o forçará a praticar a escrita mesmo quando você não quiser, ou não se sentir bem, ou estiver cansado, ou quaisquer outras desculpas que você invente naquele dia. Você estará aprimorando sua arte de escrever roteiros regularmente, ao mesmo tempo que evita a procrastinação.

  4. Conclua algo

    Nada é melhor do que terminar algo que você começou. Roxburgh recompensa a si mesmo com três dias de folga da escrita quando termina um projeto. Um cronograma de roteiro irá ajudá-lo a mapear exatamente quanto tempo seu roteiro levará para ser concluído, contanto que você siga o plano.

  5. Encontre orgulho e prazer em seu trabalho

    Imagine seus amigos e familiares perguntando se você escreveu alguma coisa esta semana, e você poderá dizer que escreveu por 20 horas, ou cinco dias, ou que terminou 30 páginas. Você se sentirá orgulhoso de si mesmo por ter cumprido seus objetivos e ficará feliz em demonstrar isso.

Certo, agora que está convencido, você está pronto para criar um cronograma de roteiro!

Veja como criar um cronograma de roteiro:

  1. Determine quando sua mente está mais fresca.

    Você é uma pessoa da noite ou da manhã, ou é um guerreiro da escrita durante o meio-dia?

  2. Defina um período de tempo e seja realista.

    Talvez você possa dedicar uma hora por dia, ou talvez duas horas por dia, três dias por semana. Seu cronograma de escrita não precisa ser o mesmo todos os dias, mas, se for, isso pode ajudar a manter as coisas consistentes para você. E não se esqueça: todo mundo precisa de dias de folga. Não sobrecarregue seu cronograma, ou você terá menos probabilidade de cumpri-lo e mais chances de sofrer esgotamento.

  3. Guarde seu celular. Desligue seu Wi-Fi.

    E não me deixe ouvir aquela desculpa "mas é pesquisa!". Não é pesquisa. É procrastinação disfarçada de pesquisa, e isso não é produtivo. Se você não sabe o nome de algo, algum período ou a palavra certa, destaque essa seção do seu roteiro e volte a ela mais tarde, quando tiver reservado um tempo específico para isso.

  4. Torne seu cronograma de escrita factível e claro.

    Não estou falando apenas de horas e dias aqui. Você deve planejar exatamente o que vai trabalhar a cada dia, seja pesquisa (veja acima), 20 páginas, 1.000 palavras, notas sobre dez páginas ou reescrever seu primeiro ato. Faça da meta algo que você possa atingir, para que se sinta realizado durante a sessão de escrita planejada e saiba exatamente no que estará trabalhando durante a próxima sessão planejada. A roteirista Ashlee Stormo é mestre nisso. Assista ao vídeo dela sobre um dia em sua vida para ver um exemplo real dessa prática.

  5. Estipule a si mesmo um prazo para todo o projeto.

    Você está tentando concluir um curta até o final do mês? Ou talvez o prazo final de um concurso de roteiro esteja se aproximando. Se você planejar cuidadosamente o que vai realizar em cada dia de escrita programado, poderá ver claramente quando é a sua data de término e cumpri-la.

  6. Use adesivos de estrela e um calendário.

    Isso é infantil, eu sei. Mas funciona para mim para todos os tipos de coisas! Eu me dou uma estrela se mantiver minha rotina de exercícios, consumir três copos de água ou completar pelo menos uma tarefa em meus projetos paralelos. Trata-se de uma forma visual de ver como você está indo em relação às metas que definiu para si mesmo, e é MUITO bom ver uma estrela em todos os dias do seu planejador ou calendário. Ahh, o progresso! Embora eu não viva sem o calendário do Outlook do meu iPhone, é bom ter um calendário físico para anotar seus objetivos e mantê-lo em um lugar que você possa ver o tempo todo.

“Trate-o como um segundo emprego ou como um trabalho de tempo integral, se puder", Roxburgh concluiu.

Até breve,

Comentários