Blog do Fundador
Publicado em por Justin Couto

Parte 4: a lista definitiva de filmes para assistir, um flashback de 2016

Doodle de Justin Couto, CEO da SoCreate, e de Rosa Couto, CFO da SoCreate, assistindo a filmes do ano de 2016.

2016 marca o ano em que minha esposa Rosa, que também é a CFO da SoCreate, e eu assistimos à menor quantidade de filmes desde que nos casamos em 2003. Isso não aconteceu porque nosso amor mútuo pelo cinema havia desaparecido. Foi o resultado de outro evento maravilhoso em nossas vidas, que foi o nascimento de nossos gêmeos. Não por acaso, este ano foi um tensão só, e nunca estive mais cansado na minha vida do que em 2016. Mesmo assim, ainda reservamos algum tempo para sair e ver alguns filmes fantásticos. Existem alguns ótimos que eu amei, então, certifique-se de ler meus favoritos no final deste artigo.

Agora, vamos aos filmes de 2016.

Antes de pular para a lista, observe o seguinte:

  • Assistimos a esses filmes em 2016; isso não significa que foram lançados em 2016.

  • No final desta lista, darei minha opinião e indicarei meus favoritos pessoais.

  • Os filmes são listados em ordem da classificação geral mais alta para a mais baixa, e não por data de exibição ou lançamento.

Minhas considerações

Meu filme favorito de 2016 é “Spotlight: Segredos Revelados”. Ele foi muito bem feito e aborda um assunto difícil que foi mantido nas sombras do segredo por tantos anos. O filme tem um ritmo rápido e é muito divertido, e fica na sua cabeça. Falando em ficar na cabeça, o filme “O Quarto de Jack” me assombrou por dias depois de assisti-lo. Era simplesmente horrível pensar nas pessoas pobres que vivenciam a experiência de serem prisioneiros à vista de todos. Esse filme foi difícil de assistir de uma perspectiva emocional, e provavelmente é por isso que não é minha escolha número um. Ambos os filmes abordaram tópicos difíceis, mas “O Quarto de Jack” foi direto ao ponto. Por um lado mais leve, Rosa e eu tivemos a oportunidade de assistir a um documentário filmado localmente no Festival Internacional de Cinema de San Luis Obispo chamado “Lives Well Lived”, o qual achei muito inspirador. Ele acompanha a vida plena de pessoas mais velhas fazendo coisas que você não poderia imaginar que as pessoas pudessem fazer na idade delas. E ensina que envelhecer não significa que você tem que desacelerar ou parar de viver a vida ao máximo. Eu recomendo que todos assistam. Existem muitos outros ótimos filmes, como "A Grande Aposta", "O Regresso", "A Qualquer Custo" e "A Chegada". Todos esses filmes são imperdíveis, se você ainda não os assistiu.

Até o mês que vem,

Você também pode se interessar por…

Comentários